Tecnologia - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

4 de abril de 2011

Tecnologia

Satélite da Nasa cai no Canadá

Apesar da projeção de cientistas brasileiros de que o satélite desativado da agência espacial americana (Nasa) teria grandes chances de cair na América do Sul, os destroços do equipamento ganharam o chão na madrugada deste sábado (24) no Canadá. Através de sua conta no microblog “Twitter”, a Nasa assegura que seus restos caíram na Terra entre 0h23 e 2h09 de Brasília. “O satélite estava passando sobre Canadá e África, assim como sobre vastas zonas dos oceanos Pacífico, Atlântico e Índico”, explicou a Nasa. Há relatos no “Twitter” que fragmentos do equipamento caíram na região de Okotoks, uma cidade ao sul de Calgary, no oeste do país. A Nasa não está descartada, porém, a hipótese de fragmentos serem encontrados em outros lugares, como na África ou na Austrália.

----------------------------------------------

Satélite fora de controle cairá sobre a Terra nesta Quinta ou Sexta


Nasa adverte para queda de satélite do tamanho de um ônibus, mas não sabe informar o dia e o local exatos da queda

A Nasa (agência espacial norte-americana) informou, nesta segunda-feira (19), que um satélite desativado vai cair na Terra nos próximos dias, mas não sabe informar exatamente onde e quando isto vai acontecer.

Lançado em 1991 para estudar a atmosfera, o Uars tem o tamanho de um ônibus escolar e pesa quase seis toneladas. As chances do satélite atingir uma pessoa, no entanto, são mínimas: cerca de 1 em 3.200, segundo a agência espacial.

"Portanto, estas são probabilidades realmente muito baixas de que alguém venha a ser atingido por um pedaço de escombros", disse Nick Johnson, cientista-chefe do Programa de Detritos Orbitais da Nasa, na agência do Johnson Space Center em Houston.

Segundo os cientistas, o mais provável é que o satélite venha a cair entre a quinta e a sexta-feira sobre um trecho de terra com mais de 804 km de comprimento em algum lugar entre o norte do Canadá e sul da América Latina.

A Nasa aconselha a qualquer pessoa que encontrar um dos pedaços do satélite a não tocar no objeto e notificar as autoridades locais. A agência afirma que o aparelho continua a ser propriedade do governo dos Estados Unidos e não pode ser vendido ou negociado.

O Uars custou US$ 750 milhões e parou de funcionar em 2005, quando foi desligado e substituído por satélites melhores e mais novos.

No mesmo ano, a Nasa usou todos os propulsores do satélite para move-lo a uma órbita mais baixa e assim ser sugado pela gravidade da Terra. Atualmente, a órbita do Uars é de cerca de 245 km por 275 km e, obviamente, continua diminuindo a cada dia.

Fonte: space.com

----------------------------------------------------

Brasil vai ter conexão de internet 4G para Copa de 2014
Em programa de rádio, Dilma garantiu que tecnologia da internet 4G estará implantada em todas as 12 cidades-sede até o início da competição


A presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta segunda-feira (12), que o governo já autorizou investimentos de R$ 200 milhões na infraestrutura das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 para a implantação de celulares de quarta geração até o início da competição.

“Isso significa que os brasileiros, e quem vier para o Brasil acompanhar os jogos, vão ter acesso à internet pelo celular a uma velocidade altíssima”, explicou a presidente durante seu programa semanal de rádio "Café com a Presidenta".

Dilma destacou ainda que esse será um legado que ficará para toda a população brasileira depois da Copa e das Olimpíadas.

Outra iniciativa trata da internet banda larga a um preço popular. “A partir de outubro, o acesso a internet começa a ser oferecido a R$ 35 por mês. Nosso acordo com as operadoras é de que essa internet chegue a todos os municípios brasileiros até 2014’, afirmou Dilma.

Ainda segundo a presidente, a intenção é que o acesso à internet rápida beneficie pelo menos 40 milhões de lares. A meta do governo é ter mais de 70% das residências conectadas à internet.

----------------------------------------------------------

China quer colocar asteroide em orbita da Terra


Relatório chines prevê captura de asteroide para extrair recursos minerais e trazê-los de volta à Terra

O Departamento de Engenharia Aeroespacial da Universidade Tsinghua, na China, publicou recentemente um relatório detalhando a viabilidade de capturar um asteroide e colocá-lo em orbita da Terra.

O objetivo do projeto seria usar o asteroide como fonte de matéria-prima, minerando seus recursos e enviando-os para a Terra. Estima-se que um asteroide de 1,6Km tenha recursos minerais na casa de US$ 55 trilhões.

Considerados sobras da formação do sistema solar, os asteroides são objetos rochosos e metálicos cuja maioria orbita a região entre Marte e Júpiter chamada "Cinturão de Asteroides”.

O relatório, no entanto, prevê capturar apenas aqueles que passarem perto da órbita da Terra nos próximos anos e décadas.

Os “Near Earth Object” como são conhecidos, teriam sua velocidade alterada com o uso de velas solares, explosões nucleares ou propulsores iônicos até serem capturado naturalmente pela gravidade terrestre.

Uma vez estacionados em orbita, o asteroide se tornaria num pequeno satélite, a uma distancia duas vezes maior que a da Lua. Seus recursos seriam explorados durante anos, até que o acumulo de uma pequena diferença angular joga-se o asteroide para longe da Terra.

A técnica para capturar e minerar asteroides, no entanto, ainda esbarra em vários problemas. Um erro de cálculo durante o processo de captura poderia colocar o objeto em rota de colisão com a Terra, causando efeitos catastróficos no planeta.

Além disso, a tecnologia para montar uma operação de mineração ainda não existe e seria necessário centenas de bilhões de dólares para ser dominada.

Fonte: PopSci

-----------------------------------------------------------

Sony Ericsson XPERIA


Xperia™ arcSua vida em cores vivas. Vídeos e fotos. Mostre tudo com total nitidez e clareza no Reality display multitoque de 4,2", com o sistema Mobile BRAVIA® Engine. Xperia™ arc, telefone Android controlado por toque — concebido para a ousadia.

Celular Android touch, com uma supertela.

Veja fotos e vídeos em cores vivas com seu celular Android touch. Nítidas e claras no Reality Display de 4,2", com o sistema Sony Mobile BRAVIA® Engine

O elegante e superfino Xperia™ arc

Comece pelo material de alta qualidade. Adicione uma bela curva. Deixe com apenas 8,7 mm de espessura. E aí está, encaixe perfeito na palma da mão: o Xperia™ arc, fino, leve e robusto.

Celular HD com câmera de 8,1 megapixels

Seu celular HD conta com o sistema Sony Exmor R™ para sensor CMOS móvel que permite a captura de filmes e fotos de alta qualidade em baixa luminosidade. Então, vá em frente, é só disparar. Depois mostre, em qualidade HD direto na TV, usando o conector HDMI.

Timescape™ - encontre os amigos

O Timescape Sony Ericsson permite que você reúna todas as suas formas de comunicação em um só lugar. Atualizações do Facebook, tweets, textos e chamadas perdidas, todos reunidos em ordem cronológica, para que você não precise abrir vários aplicativos diferentes para ver o que está acontecendo. Faça um tour personalizado agora usando o Facebook™.

Reality Display com sistema Mobile BRAVIA® Engine

Contraste aprimorado. Cores mais ricas. Menos interferência nas imagens. O Reality Display com o sistema Mobile BRAVIA® Engine deixa a tela back lit de LED superampla de 4,2" com imagens nítidas e perfeitas. E com o baixo nível de reflexo, a imagem se mantém nítida também ao ar livre. BRAVIA é uma marca registrada da Sony Corporation.

Está escuro?

Aurora, crepúsculo ou só uma lâmpada fraca mesmo? O Exmor R™ da Sony para sensor CMOS móvel permite capturar fotos e vídeos brilhantes, de alta qualidade, em baixa luminosidade. Exmo R é uma marca comercial da Sony Corporation.

Você escolhe - Android Market™

Vai sair? Quer saber? Ou apenas dar uma relaxada? Faça o download do aplicativo que quiser pelo Android Market™ e personalize seu Xperia™ X10 para que fique com a sua cara.

Encontre o caminho - aGPS

Você nunca mais vai se perder. Seu celular vem com GPS incorporado. Serviços baseados em localização ajudam a encontrar o caminho para o seu destino. Ou, para incluir informações de local para suas imagens, use a função de marcação geográfica.

Projetado para ícones do estilo

Amplie sua visão. A leve curvatura do incrivelmente fino Xperia™ arc — apenas 8,7 mm — para um encaixe perfeito na palma da mão. Esse smartphone fino, robusto e leve foi pensado para deixar as pessoas de queixo caído.

Conexão Wi-Fi

Conecte-se de maneira rápida e fácil. Em movimento. No café. No aeroporto. Seu Xperia™ arc tem suporte a Wi-Fi.

Conecte-se à TV via HDMI

Conecte o Xperia™ arc à TV e se acomode no sofá. A conexão HDMI permite ver fotos e vídeos do telefone na tela da TV usando o controle remoto da própria televisão.

Powered by Android (Gingerbread)

Multimídia total Jogos poderosos. O Xperia™ arc tem a força do Android (Gingerbread).

Sua vida em alta definição brilhante

Clipes das férias de verão. O primeiro sorriso de sua filhinha. Grave. Em vídeo HD brilhante e nítido, com o toque de um botão.

Use seus fones de ouvido

Já tem seus fones de ouvido prediletos? Conecte-os ao Xperia™ arc pela entrada de áudio de 3,5 mm.

Câmera poderosa

Pronto para a verdade dos fatos? Experimente os 8,1 megapixels Ou abertura máxima de f/2,4 (resumindo: mais luz chegando ao sensor de imagem). A câmera do Xperia™ arc tem a musculatura necessária para fotos impressionantes.

-----------------------------------------------------------

Windows 8 terá reconhecimento de voz
Novo recurso permitirá que usuário utilize computador através da voz, sem precisar de mouse e teclado


A Microsoft está trabalhando para que a próxima versão do sistema operacional mais popular do mundo, o Windows 8, seja capaz de fazer reconhecimento de voz para executar comandos.

O objetivo da nova tecnologia, chamada de Tellme, é permitir que o usuário utilize o computador através da voz, sem precisar do mouse e do teclado.

Sendo assim, a nova versão do Windows poderá reconhecer as palavras ditas pelo usuário e converte-las na aplicação desejada.

O que está por trás da novidade é a união do sistema operacional com as funções das novas gerações de smartphones e do Kinect, acessório com sensor de movimentos.

A expectativa da Microsoft é que o recurso se desenvolva a ponto de tornar a experiência do usuário com o computador semelhante a vista em filmes de ficção científica.

Para demonstrar as funcionalidades da nova tecnologia, a Microsoft divulgou, em 9 de agosto, um vídeo que dá uma ideia melhor do que o Tellme será capaz.

A empresa espera lançar o Windows 8 no final de 2012.

Fonte: ZDNet

-----------------------------------------------------------

Um tijolo mais forte do que tijolos
Empresa japonesa desenvolve tijolos feitos à base de CO2 e sílica mais resistentes e com secagem rápida


Uma companhia japonesa chamada TIS & Partners apresentou um novo material que pode ajudar, e muito, a reconstrução de cidades atingidas por catástrofes naturais. O material, que é basicamente monóxido de carbono (CO2) espirrado em sílica e misturado a materiais orgânicos, forma estruturas fortes como tijolos de concreto, mas que ficam prontas muito mais rápido.

Tijolos de concreto são parte da construção civil há anos. São resistentes e flexíveis, mas quando expostos à fúria da natureza - na forma de terremotos, por exemplo - se quebram com facilidade. Além disso, reconstruir estruturas destruídas usando concreto é tarefa inglória já que o material demora a secar (cerca de 28 dias para secagem completa).

Esses dois problemas são solucionados pelo novo material.

Tijolos fabricados com a técnica se mostraram 2,5 vezes mais resistente do que os feitos com concreto. Eles também ficaram prontos para uso em menos de um minuto.

Além de tudo, o material se mostrou altamente maleável e requer quase nenhum – ou nenhum – metal para sustentação.

Tudo somado, essa seria uma maneira rápida para reparar prédios e estruturas em risco.

Fonte: DigInfo

------------------------------------------------

Sonda Juno é enviada a Júpiter para desvendar segredos do sistema solar
Por EFE Brasil, EFE Multimedia


Washington, 5 ago (EFE).- A sonda espacial Juno foi lançada ao espaço nesta terça-feira para uma viagem de cinco anos rumo a Júpiter para decifrar alguns dos enigmas do planeta gasoso.

Os cientistas esperam poder resolver algumas questões como a quantidade de água que o planeta possui ou se, além de estar formado por gases como hidrogênio e hélio, conta com um centro sólido, assim como o papel que desempenhou na formação do sistema solar.

Juno, nome da esposa de Júpiter na mitologia romana, partiu a bordo de um foguete Atlas V equipado com cinco propulsores de combustível sólido, desde o Centro Espacial Kennedy da Nasa (agência espacial americana) em Cabo Canaveral, na Flórida.

A sonda saiu com um ligeiro atraso devido a um vazamento de gás hélio no foguete, que obrigou a paralisação da contagem regressiva quatro minutos antes da hora do lançamento original previsto para 12h34 (horário de Brasília).

Segundo confirmou a agência espacial, o incidente não afetou nenhum dos sistemas e a operação recebeu sinal verde para partir às 13h25.

'Com o lançamento da sonda, começa a viagem em direção a outra nova fronteira', disse o diretor da Nasa, Charles Bolden, em comunicado.

Após uma travessia de 2,8 bilhões de quilômetros está previsto que a sonda alcance a órbita de Júpiter em julho de 2016 e durante um ano terrestre sobrevoará o planeta 33 vezes a uma altura de cinco mil quilômetros.

O padrão de voo da sonda foi projetado para cobrir todas as latitudes e longitudes de Júpiter, de modo que os cientistas possam confeccionar um mapa completo de seu campo gravitacional e averiguar como estão organizadas as camadas internas deste corpo celeste.

Seu potente campo magnético atuou como barreira para impedir que as moléculas dispersas no Universo no princípio de sua história ficassem fora do sistema solar e permitiu o surgimento da vida, por isso seu estudo é especialmente interessante para a ciência.

'Júpiter é como a pedra de Rosetta de nosso sistema solar', declarou Scott Bolton, do Southwest Research Institute e principal pesquisador da missão Juno, em alusão à pedra egípcia que, inscrita em grego antigo, demótico e hieróglifos, permitiu a decifração das escrituras dos faraós.

Bolton ressaltou que, além de ser o planeta mais antigo, Júpiter contém mais material original 'que o resto de planetas, asteroides e cometas juntos e tem informação não apenas sobre o Sistema Solar', mas também sobre os seres humanos. 'Juno será nosso emissário para interpretar o que Júpiter tem a dizer', acrescentou.

Embora a NASA já tenha enviado outras missões - como a sonda Galileu - para estudar o planeta, Juno será a que ficará mais próxima e fará história por ser a primeira nave a orbitar por seus dois pólos.

Juno se transformará, além disso, na primeira nave com energia solar desenvolvida pela Nasa para operar a uma distância tão afastada do Sol, cinco vezes maior que a da Terra.

Poucas semanas depois que os Estados Unidos encerrou seu programa de ônibus espaciais, com os quais durante 30 anos a Nasa realizou voos tripulados, Bolden destacou que o futuro da prospecção espacial inclui missões científicas 'inovadoras' como esta para entender melhor o sistema solar e ampliar novos destinos.

A sonda Juno não foi projetada para levar tripulantes, mas carregará a bordo levará alguns pequenos viajantes - fabricados pela companhia de brinquedos Lego -, que representam Júpiter, Juno e o astrônomo e cientista italiano Galileu Galilei, para despertar o interesse das crianças pela ciência.

Além disso, a agência espacial italiana quis homenagear Galileu, que no século XVII foi o primeiro a observar as luas de Júpiter, e entregou à Nasa uma placa comemorativa que também viajará com a sonda.

Com quatro toneladas de peso, Juno tem forma hexagonal e foi desenvolvida para se manter com três grandes painéis solares que quando se desdobrem darão ao veículo uma longitude de 20 metros.

Entre seus instrumentos está um magnetomêtro vetorial, para medir o componente do campo magnético em uma direção particular; um detector de plasma e partículas energéticas; câmara de infravermelhos e de ultravioleta; além de uma câmara de cor para oferecer ao público a primeira visão detalhada dos pólos de Júpiter.

Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados

--------------------------------------------------------

Cientistas criam rede molecular “inteligente”
Moléculas de DNA foram usadas para criar inteligência artificial


Um importante passo em direção à Inteligência Artificial e ao apocalipse tecnológico foi dado por cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech). Uma equipe liderada pelo bioengenheiro Lulu Quian conseguiu criar uma rede neural artificial usando moléculas de DNA, e essa rede conseguiu responder satisfatoriamente a uma brincadeira de perguntas e respostas.

Antes da evolução dos cérebros e das redes de neurônios, organismos unicelulares já eram capazes de desenvolver uma forma limitada de inteligência: moléculas interagiam entre elas e levavam esses organismos a buscar comida e evitar toxinas. Isso levou os cientistas a usar as moléculas de DNA como base para os testes.

O experimento pode parecer um pouco complicado, mas o site do Discovery Channel traduz:

“A eqiupe criou quatro neurônios extremamente simplificados em tubos de teste compostos de 112 cadeias de DNA, com cada cadeia programada com uma sequência específica para interagir com as outras cadeias. A interações resultaram em dados de saída, imitando as ações dos neurônios disparando informações. Para conseguir enxergar o DNA disparando, os cientistas usaram um marcador molecular fluorescente, que acendia quando ativado”.

O jogo consistia em uma série de perguntas cujas respostas permitiam identificar um dos quatro cientistas envolvidos no estudo. Foram usadas 27 combinações possíveis de respostas para as perguntas; a rede artificial acertou todas elas.

O resultado do experimento foi publicado na revista Nature, no dia 21 de julho.

Fonte: DiscoveryNews, Caltech

--------------------------------------------------

Telescópio encontra moléculas de oxigênio no espaço


O telescópio Herschel da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) detectou pela primeira vez moléculas de oxigênio no espaço, informou nesta segunda-feira um comunicado da Nasa (agência espacial americana), que colabora com o observatório europeu Herschel, o maior telescópio já enviado ao espaço.
Washington, 1 ago (EFE).- O telescópio Herschel da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) detectou pela primeira vez moléculas de oxigênio no espaço, informou nesta segunda-feira um comunicado da Nasa (agência espacial americana), que colabora com o observatório europeu Herschel, o maior telescópio já enviado ao espaço.
Os átomos individuais de oxigênio são comuns no espaço, mas até agora não haviam sido encontradas evidências da presença de moléculas deste gás.
'O gás oxigênio foi descoberto em 1770, mas precisamos de mais de 230 anos para poder dizer finalmente com certeza que esta molécula existe no espaço', disse Paul Goldsmith, cientista da Nasa em Herschel e autor principal de um artigo publicado na revista 'Astrophysical Journal' no qual explica a descoberta.
O Herschel detectou as moléculas de oxigênio na nebulosa de Orion, mas não em grandes quantidades, por isso os cientistas seguirão procurando este tipo de moléculas no espaço.
'O oxigênio é o terceiro elemento mais comum no universo e sua forma molecular deve ser abundante no espaço', considerou Bill Danchi, outro dos pesquisadores da Nasa no programa Herschel.
Os astrônomos buscavam há décadas moléculas de oxigênio no espaço, seja por balões equipados com sondas ou por telescópios terrestres e espaciais.
O telescópio sueco Odin detectou a molécula em 2007, mas a descoberta não foi confirmada. EFE

Fonte: Copyright (c) Agencia EFE, S.A. 2010, todos os direitos reservados

--------------------------------------------------

Projetor compacto reproduz imagens diretamente do computador
Lançamento cabe na palma da mão e projeta tela de até 73" em superfícies planas



A Aiptek do Brasil lança no país o Projetor USB Pocket Cinema T25, equipamento compacto que reproduz os arquivos e imagens gravados diretamente no computador de mesa ou notebook.

O lançamento cabe na palma da mão e projeta tela de até 73" em superfícies planas. É projetado para ser usado tanto nas apresentações de negócios como nos momentos de lazer, garantindo praticidade à apresentação de gráficos, planilhas, fotos e vídeos.

O Projetor USB Pocket Cinema T25 tem ainda resolução SVGA com tecnologia óptica LCoS, luminosidade de 25 lúmens, e como é alimentado pela porta USB, não necessita de bateria adicional ou carregador.

O preço médio sugerido é de R$ 1.399,00 (valor válido até o final de agosto de 2011). Acompanham o produto: carregador, cabo USB, manual e capa.

Mais Informações

-------------------------------------------------------------

Inventor de capa 'invisível' quer ver através de paredes
O inventor de uma capa "invisível" afirmou que seu próximo projeto será desenvolver uma tecnologia que permita que as pessoas possam ver através das paredes.


O professor Susumu Tachi, que apresentou a capa em uma exposição em São Francisco neste mês, disse estar esperançoso de que conseguirá tal criação.
"Essa tecnologia pode ser utilizada de todas as maneiras, mas eu quero criar uma visão de invisibilidade", afirmou Tachi.
"Minha meta a curto prazo seria, por exemplo, fazer um quarto que não tivesse janelas, mas de onde fosse possível ver o lado de fora, então a parede pareceria invisível."

Espionagem

A capa criada por Tachi projeta em si mesma a imagem do que está atrás do usuário.
Um computador gera a imagem que é projetada, então é possível, efetivamente, ver "através" da capa.
O ponto-chave para o desenvolvimento da capa, no entanto, foi um novo material chamado retro-reflectum.
"Esse material permite que você veja uma imagem tridimensional", conta Tachi. "Ele é a chave da nossa tecnologia."
Há muitas utilizações potenciais para a capa "invisível", da espionagem a objetivos militares, ajudando pilotos a enxergar através do chão da aeronave.
Mas há muitas questões sobre o uso inadequado do produto, principalmente sobre implicações criminais.
Seria muito mais difícil pegar um ladrão, por exemplo, se os produtos que ele fosse roubando estivessem sob a capa.
Tachi diz que, em 1977, teve a primeira idéia de criar objetos invisíveis, mas que era "difícil torná-los realidade" já que a imagem não parecia real. Isso mudou com o desenvolvimento do retro-reflectum.

Fonte: BBC
-------------------------------------------------------

Apple supera Nokia em smartphones


Pela primeira vez, empresa de Steve Jobs ultrapassa Nokia em número de smartphones vendidos no mundo
A Apple ultrapassou a Nokia pela primeira vez, se tornando a número um em smartphones no mundo. A empresa já era a maior fabricante em se tratando de receita e lucros, mas, no segundo trimestre deste ano, ela finalmente chegou ao primeiro lugar em unidades vendidas.
De acordo com o Benedict Evans, a Apple comercializou 20,3 milhões de iPhones, enquanto no mesmo período, a Nokia vendeu 16,7 milhões de smartphones – 34% a menos em relação ao segundo trimestre de 2010.
A desaceleração de vendas da Nokia começou em fevereiro deste ano, quando a empresa substituiu o Symbian OS pelo Windows Phone em seus smartphones.

Fonte: Benedict Evans

----------------------------------------------------

HP pode ser primeira empresa a vender sucessor do notebook
Segundo site, ultrabooks devem chegar ao mercado no terceiro trimestre deste ano



A HP pode ser a primeira marca a lançar os ultrabooks, nova geração de computadores portateis.
Anunciados pela Intel em maio deste ano, os ultrabooks são laptops com recursos de tablets, como design mais fino e tela sensível ao toque.
Segundo o site Digitimes, as máquinas irão usar o processador ultrafino Core i7-2677M, de 1,8 GHz, e o i7-2637M, de 1.7GHz. A HP terceirizou a produção para a Foxconn Electronics, que também fabrica produtos para a Apple.
A primeira leva de ultrabooks deve chegar ao mercado no terceiro trimestre deste ano.

Fonte: DigiTimes

--------------------------------------------------

Novo Google Maps permite baixar mapas para uso offline
Nova versão do programa de localização do Google funciona no Android 2.1 ou superior



Um dos mais interessantes (e úteis) recursos da nova versão do Google Maps para Android, lançada na semana passada, é a opção de baixar mapas para uso offline - uma antiga reivindicação dos usuários.
Este recurso é importante para quem vai viajar em regiões onde a conexão é irregular, ou simplesmente quer evitar pagar taxas de roaming, valores pagos pelos usuários quando utilizam redes de telefonia móvel fora da área de concessão de suas operadoras.
Para ativar o recurso de baixar mapas, você precisa ir até a área de menu do Google Maps. Depois selecionar “Mais”, apertar “Google Labs e selecionar “Fazer download de área do mapa”.
O Google Maps fará download da área num raio de 16 km ao redor do ponto que você selecionou. Para editar o nome de um mapa basta pressionar o botão em forma de lápis ou em forma de X para excluí-lo. É muito simples.
O Google Maps 5.7, última atualização do programa do Google que permite a localização geográfica de locais, também apresenta novos recursos, como a funcionalidade “navegação de trânsito”, que explica ao usuário qual linha de transporte publico pegar para chegar ao destino. O download é gratuito e funciona no Android 2.1 ou superior.

-----------------------------------------------------

Microsoft Touch Mouse, mais um mouse bem feito pela Microsoft


Nós conhecemos muito mais a Microsoft pela criação do sistema operacional mais utilizado no mundo e pelo Xbox/Xbox 360 do que por partes de computador, mas ela acertou quando criou o mouse Arc e resolveu trazer mais um modelo sensível ao toque. Ele se chama Explorer Touch e vem com a tecnologia BlueTrack e um scroll sensível ao toque.
Uma das vantagens deste modelo é que ele foi construído para manter a simetria dos lados, ou seja, ele pode ser utilizado com facilidade por canhotos ou destros. O BlueTrack é outra tecnologia bacana, que é da própria Microsoft, e que faz com que o mouse possa funcionar perfeitamente mesmo nas superfícies onde a maioria dos mouses não responderia corretamente, já que ele utiliza um sensor por laser e outro ótico ao mesmo tempo. Ele tem cinco botões que podem ser configurados da maneira que lhe for mais interessante e o scroll foi substituído por uma superfície sensível ao toque, o que garante que ele vai funcionar e juntar muito menos sujeira do que os mouses comuns fazem.
Ele vai chegar na Inglaterra no final deste mês a um preço estimado de 69,99 libras esterlinas, o que dá aproximadamente R$ 176.

Com informações do site Ubergizmo.

-------------------------------------------------------

Marcas Blogger e Picasa podem acabar


Objetivo seria mudar o nome de todos os serviços e colocar a palavra “Google” no começo

As marcas blogger e Picasa podem estar com os dias contados. Segundo apurou o site Mashable, o Google pretende mudar o nome de todos os serviços que não comecem com a palavra “Google” dentro de até um mês e meio.

O objetivo seria unificar a marca para o lançamento público do Google+, a nova rede social da gigante da internet. Sendo assim, os serviços de blogging e de armazenamento de fotos da empresa não estão sendo abandonados. Ao invés disso, a empresa pretende renomear o blogger para “Google Blogs” e o Picasa para “Google Photos”.

Não é a primeira vez que o Google promove esse tipo de mudança. Outras companhias compradas pelo gigante já tiveram suas marcas modificadas. A plataforma GrandCentral, por exemplo, virou Google Voice em 2009.

Blogger e Picasa também são dois produtos adquiridos pela gigante, apesar de terem sido comprados a mais tempo. O Picasa foi adquirido em 2004 e o Blogger em 2003.

Fonte: Mashable

-----------------------------------------------------

Voo do Atlantis põe fim à era dos ônibus espaciais




A despedida dos ônibus espaciais da Nasa pode finalmente começar hoje, com a decolagem do Atlantis para seu último voo.

Após a viagem, os EUA, país que levou o primeiro homem à Lua, ficarão por tempo indeterminado sem meios próprios de chegar ao espaço.

Para a missão de 12 dias com destino à ISS (Estação Espacial Internacional), a nave levará apenas quatro astronautas. É a menor tripulação desde 1983, porque não há ônibus espaciais de reserva para resgatá-los caso haja um problema após a viagem.

Numa emergência, o comandante Chris Ferguson, o piloto Doug Hurley e os especialistas de missão Sandy Magnus e Rex Walheim, veteranos em ônibus espaciais, terão de aguardar o resgate das naves russas Soyuz, que só poderão carregar um dos americanos por vez.

Primeiras naves espaciais reutilizáveis, eles estão em operação desde abril de 1981, quando substituíram oficialmente o programa Apollo.

ADEUS

O movimento para aposentar as naves ganhou força após o acidente com o Columbia, em 2003. Ele explodiu minutos após a reentrada na atmosfera terrestre, matando seus sete astronautas.

Esse foi o segundo desastre com um "shuttle". Em 1986, a nave Challenger, a primeira da frota, explodiu 73 segundos depois da decolagem, também vitimando os sete tripulantes.

O primeiro passo antes do anúncio do fim do programa foi a redução drástica do número de viagens.
Lançados como a conquista definitiva do espaço, os "shuttles", segundo a Nasa, seriam uma opção muito mais barata e segura.

No entanto, o custo de todo o projeto, até 2010, foi de US$ 209 bilhões, pouco menos que o PIB do Chile. Cada uma das missões, portanto, custou US$ 1,6 bilhão, valor bem distante do inicialmente divulgado pelo governo americano: US$ 20 milhões.

Críticos do programa afirmam que, com os ônibus espaciais, a Nasa ficou "confinada" à baixa órbita da Terra, em vez de se dedicar à exploração do espaço.

Mesmo com falhas, porém, o programa dos ônibus espaciais foi fundamental para o desenvolvimento da ciência em órbita. Eles transportaram a maior parte das peças e equipamentos para a montagem da ISS, além do telescópio Hubble, ambos revolucionários em suas áreas.

FUTURO INCERTO

Com a aposentadoria dos "shuttles", a Nasa fica sem naves para transportar seus astronautas à estação internacional, dependendo de "caronas" milionárias na nave russa Soyuz.

Países parceiros na construção da ISS, como os da Europa, manifestaram-se contra a Nasa por essa situação.
Enquanto isso, a nave substituta dos ônibus espaciais, o MPCV (Veículo Multifuncional Tripulado) não deve começar suas missões tripuladas antes de 2019.

Ela, no entanto, será usada para missões de longa duração, inclusive em uma eventual visita a Marte. As visitas à ISS ficariam a cargo da iniciativa privada.

A agência espacial tem financiado alguns desses programas particulares, mas eles também não têm data certa para começar a voar.

Por conta dessa indefinição, ex-astronautas resolveram criticar abertamente a política espacial dos EUA.
Neil Armstrong, o primeiro homem na lua, e outros astronautas escreveram uma carta aberta dizendo que a Nasa está "consideravelmente fora de rumo".

O administrador da Nasa, Charles Bolden, minimizou as críticas. Para ele, a Nasa irá "consolidar a liderança americana no espaço".

Apesar da expectativa, é possível que o lançamento seja adiado devido às condições climáticas (risco de fortes chuvas com raios) em Cabo Canaveral, na Flórida, onde fica o centro de lançamento.

Caso as tempestades se confirmem, a Nasa tem até este domingo para a decolagem do Atlantis. Depois, será preciso esperar uma semana por conta do tráfego espacial. A Força Aérea dos EUA já tem um lançamento marcado para esse período.

--------------------------------------------------

HP lança nova geração de computadores multimídia touchscreen
Com tela de 20 polegadas e desenho All in One, o novo TouchSmart promete uma nova experiência multimídia



A HP quer dar aos usuários uma experiência de computação mais pessoal e intuitiva trazendo ao Brasil o computador All in One HP TouchSmart310, que incorpora uma versão mais avançada do software TouchSmart, exclusivo da empresa.

“Cada geração da TouchSmart reflete o que a HP aprendeu com seus clientes, complementado com as tecnologias mais recentes, disse Luís Tedesco, Gerente de Desktops de Consumo do Grupo de Sistemas Pessoais da HP. “A interface exclusiva do All in One TouchSmart permite aos usuários fazer mais do que somente executar tarefas básicas de computação: ela funciona como a âncora do estilo de vida digital dos usuários e promove a criatividade e a organização por meio de uma experiência envolvente.

Quarta geração do HP TouchSmart o computador All In One oferece uma nova modelagem para desktops. Conta com tela HD de 20 polegadas, que permite assistir shows e filmes, apoiada em uma base de pedestal que gira até 30 graus. Com placa de rede sem fio integrada, web câmera, auto-falantes frontais e sintonizador de TV. Entre suas outras características, encontram-se processadores AMD VISION, placa gráfica Radeon e até 1 terabyte (TB) de armazenamento.

A versão mais recente do software HP TouchSmart permite aos usuários incorporar com liberdade os aplicativos, músicas, fotografias, vídeos, games e o conteúdo da web diretamente ao desktop como se fossem “ímãs”. O equipamento vem com cinco jogos pré-instalados, Blasterball3, Cake Mania, Farm Frenzy, Agata Christie e Bounce Symphony, além de papéis de parede de múltiplas camadas que dão noção de profundidade na tela. Outros softwares como o “Carrossel” e o“Menu Mágico” permitem aos usuários localizar aplicativos o conteúdo com um simples toque.

O PC HP TouchSmart também conta com sistema de economia de energia com certificação Energy Star, reduzindo o consumo em 45% comparado com PCs que não usam o sistema.

O TouchSmart310 já está disponível, com preço inicial de R$ 2.899,00.

------------------------------------------------------

Coreia do Sul quer que todos os estudantes usem livros digitais até 2015
Plano envolve construção de sistema de computação em nuvem para escolas e livros digitais com conteúdo multimídia


A Coreia do Sul vai investir mais de US$ 3,2 bilhões para que todos os alunos de escola pública usem livros escolares digitais até 2015.

O plano envolve a construção um sistema de computação em nuvem para que as escolas possam acessar um banco de dados com todos os livros digitais. Estes livros terão o conteúdo tradicional, mas com links para material multimídia.

O governo também planeja fornecer tablets de graça aos alunos de famílias com baixa renda.

Citado pela imprensa local, um responsável do ministério disse que a mudança para os livros escolares digitais não será difícil devido a familiaridade dos estudantes coreanos ao ambiente virtual.

Os sul-coreanos são considerados o povo mais conectado do mundo, com mais de 90% da população tendo acesso a internet por banda-larga.

No Brasil, os números ainda são bastante inferiores. Segundo dados do instituto Ibope/Nielsen, apenas 20,7% dos usuários ativos têm conexão de alta velocidade (acima de 2 Mbps).

Fonte: The Chosunilbo

--------------------------------------------------------

Microsoft coloca Office nas 'nuvens'
Nova versão do Microsoft Office permite usar programas como Outlook, Excel e SharePoint diretamente na internet


 A Microsoft lançou neste terça-feira (28) a versão online do seu pacote de softwares Microsoft Office voltada para o mercado corporativo.
A nova versão, intitulada de Office 365, leva alguns dos principais programas da empresa, como o Outlook (e-mails), o Excel (planilhas), e o SharePoint (ferramentas colaborativas), para a computação em nuvem.
Sendo assim, o usuário agora poderá usar os programas diretamente na internet, sem precisar instalá-los no computador, eliminando preocupações como o espaço físico no datacenter, gerenciamento de capacidades de armazenamento de dados e atualizações.
O objetivo da Microsoft é recuperar o terreno perdido para o Google, que roubou uma pequena, mas preocupante, fatia de seus clientes corporativos com alternativas mais baratas e exclusivamente online.
O Office 365 foi lançado em 38 países, mas o Brasil por enquanto está de fora. Segundo a assessoria de imprensa da companhia, o pacote deve chegar ao país na segunda “onda” de lançamentos, ainda sem data marcada.

Fonte: Reuters

---------------------------------------------------

Planeta Terra será transmitido ao vivo pela internet
Empresa promete instalar par de câmeras no espaço para filmar nosso planeta de forma interrupta a partir de 2012


A partir de 2012, o planeta Terra será transmitido ao vivo pela internet. Isso é o que promete a empresa chamada UrtheCast, com projeto de instalar duas câmeras de alta definição com grandes lentes de zoom na Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês).
As câmeras terão resolução parecida com a do Google Earth e transmitirão o terceiro planeta do Sistema Solar durante 24 horas por dia e 7 dias por semana a partir do ano que vem, informa Scott Larson, presidente da UrtheCast.
“Será uma mistura de Google Earth e YouTube - quando se olha o Google Earth, se vê imagens paradas, fotografias, mas com a nossa transmissão veremos os acontecimentos em tempo real e com altíssima definição”, promete o executivo.
Como a ISS se move a uma velocidade superior a 7 quilômetros por segundo em relação à superfície da Terra, ninguém conseguirá ver seu filho brincando na piscina do condomínio, no entanto, a UrtheCast afirma que será possível acompanhar acontecimentos de maiores proporções, como eventos esportivos, festivais de música ou desastres naturais.
O site da empresa também trará ferramentas que avisarão quando a estação estará sobrevoando os locais para que as pessoas possam se programar.

Fonte: Digital Journal

--------------------------------------------------------

Google declara guerra ao Facebook
Empresa anuncia nova investida no terreno das redes sociais: O Google+

A Google anunciou nesta terça-feira, 28, o lançamento de um novo serviço de compartilhamento social que tem como objetivo competir diretamente com o rival Facebook. Chamado simplesmente de Google+ (Google Plus), o serviço aposta no conceito de que as redes sociais expõem demais seus usuários que, na maioria das vezes, preferem compartilhar informações e arquivos apenas com alguns amigos mais próximos.
O ponto, segundo a página de apresentação do novo serviço, é que “nem todos os relacionamentos são criados igualmente”. Existem, segundo o site, vários níveis de relacionamento que fazem com que o que você quer compartilhar com seus amigos mais próximos não faça sentido para seus colegas de trabalho, e vice-versa. Essa filosofia das redes sociais, onde tudo é compartilhado com todos os que têm acesso ao seu perfil estaria errada, segundo a empresa.
Como resolver isso? Criando círculos onde você poderá separar seus contatos em grupos específicos. Claro, isso já existe – o próprio Facebook tem uma ferramenta de grupos e que pouca gente usa –mas o Google+ pretende ir um pouco além. Será possível, por exemplo, fazer conversas de vídeo em conferência, através de uma ferramenta chamada Hangouts. A ideia é que você se torne disponível para conversas tanto para um grupo específico ou para pessoas aleatórias de acordo com sua vontade.
O serviço também estará disponível para ser usado em celulares inteligentes. Será possível, por exemplo, iniciar conversas com grupos específicos turbinadas com o envio de fotos ou vídeos do local onde você está. Esses arquivos estarão disponíveis para uso posterior tanto no celular quanto no computador.
Informações como buscas e pesquisas feitas no Google também poderão ser compartilhadas no Plus. A própria página do buscador já está diferente, com uma barra superior em cor diferente e agregando os serviços básicos. Especula-se que essa mudança já é uma preparação para o novo serviço.
À primeira vista, na verdade, não existe nenhuma novidade bombástica, exceto a boa ideia de compartilhar informações apenas com os grupos para quem essas informações são relevantes.
A questão, porém, é se isso será suficiente para que as pessoas se convençam a deixar de lado redes sociais como o Facebook ou o Orkut e partir para uma nova rede. E é bom lembrar que não é a primeira vez que a empresa se arrisca no terreno das redes sociais. Lembra-se do Wave?
E o Orkut?
A rede social é administrada pela Google e é uma das mais usadas no Brasil. Na página de apresentação do Plus, a Google informa que a rede continuará existindo, e que funcionalidades do Plus serão adicionadas ao Orkut na medida em que forem liberadas.


--------------------------------------------------------

Nokia Play 360, uma caixa de som compatível com a tecnologia NFC


Caixa de som com tecnologia NFC que está dentro do N9 e que permite que você ligue uma caixa de som externa apenas encostando o aparelho nela, aqui está ela, se chama Nokia Play 360. Esta caixa de som consegue reproduzir músicas de qualquer fonte que utilize um cabo P2, conexão Bluetooth ou o NFC, que deixa as coisas extremamente mais simples, já que basta aproximar o aparelho emissor da caixa e a música começa a tocar, tudo isso sem nem precisar de um app específico.
A caixa de som foi apresentada junto do N9, hoje (21) no evento Nokia Connection 2011. Para ligar ou desligar a caixa há um botão, mas se você estiver com um aparelho com conexão NFC, basta encostar ele na caixa e o som deixa de sair dos falantes do smartphone e passa para a caixa, que acontece via Bluetooth. O bacana é que se você tiver mais de uma destas caixas, é possível parear as duas e montar um som estéreo.
Como é portátil, ela vem com bateria interna para até 20 horas de música com conexão sem fios, que é recarregada por uma porta MicroUSB padrão. Cada caixa estará disponível ainda neste ano e custará US$ 213,00.

------------------------------------------------------

Microsoft lança programa para ajudar lan houses brasileiras
Objetivo é levar benefícios como capacitação e tecnologia atualizada para que lan houses possam melhorar seu papel como centro de inclusão digital



A Microsoft anunciou nesta terça-feira (21) o início do Programa Microsoft Clube Digital, criado para oferecer conteúdos relevantes e úteis para gerentes de lan house brasileiras. Como membro do clube, os estabelecimentos terão acesso a conteúdo diferenciado, capacitação e tecnologia atualizada (Windows 7 e Office 2010), contribuindo assim para ajudar com o compromisso de inclusão digital e capacitação técnica e profissional deste público.
“Com o Microsoft Clube Digital queremos oferecer as infinitas possibilidades dos softwares mais atuais aos donos de lan houses e seus clientes”, afirma Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor geral de Consumer e Serviços Online da Microsoft Brasil. “O programa disponibilizará conteúdo e ofertas especiais para que os estabelecimentos tenham acesso sempre as ofertas das versões mais atuais de Windows e Office e ferramentas de gestão para lan houses”.
Para os estabelecimentos participantes deste programa, a Microsoft criou preços especiais de licenças de Windows 7 Professional e Office 2010. Buscando facilitar o pagamento para os donos dos estabelecimentos, o programa também fechou parceria com o Itaú, que por meio da utilização do produto Itaú Microcrédito, dará a opção de parcelamento na compra dos softwares com taxas reduzidas e condições especiais.
A Microsoft também buscou parceria com o CDI Lan – empresa que nasceu para promover uma gestão eficiente nas lan houses tornando assim o setor mais organizado e sustentável. “Acreditamos que as lan houses tem enorme importância como agentes de transformação nas comunidades brasileiras, auxiliando em especial populações de baixa renda” afirma Rodrigo Baggio, presidente do Conselho de Administração do CDI Lan.
Hoje no Brasil, de acordo com estudo feito pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI Br) em 2010, 32 milhões de pessoas das classes C e D utilizam computadores em mais de 107 mil lan houses espalhadas pelo país. Com esse novo programa de parceria, a Microsoft e o CDI LAN levarão treinamento e informação para que lan houses possam melhor atender suas vocações como centro de inclusão digital.
Para apresentar essa novidade, a Microsoft e o CDI LAN farão parte de uma série de eventos pelo Brasil. Serão mais de 10 cidades até o final do ano e já estão agendadas visitas para: São Paulo, Campinas, Belém, Salvador, São Luis, Macapá, Recife, Palmas e Cuiabá.

Para mais informações, visite http://www.microsoftclubedigital.com.br/


--------------------------------------------------------

Hitachi lança HD externo/Roteador wi-fi
G-Connect combina as funções de armazenamento e transmissão de dados sem fio

 Aparelhinho interessante esse lançado pela Hitachi dentro da sua linha de armazenamento: o G-Connect combina as funções de HD externo, central Wi-fi e central de armazenamento para celulares e tablets.
O brinquedinho conta com 500 Gb de armazenamento de dados. Arquivos em smartphones e tablets podem ser enviados sem fio para o HD, através de uma conexão 802.11n protegida por senha, claro.
São suportadas até cinco conexões simultâneas; e ele também pode exibir conteúdos multimídia como vídeos em resolução normal em até cinco aparelhos ao mesmo tempo, ou três aparelhos no caso de vídeos em alta definição. O G-Connect também tem uma porta Ethernet para conectar seu modem, transformando-o em um roteador Wi-fi, distribuindo acesso para todos os aparelhos da casa.
Um aplicativo para iPhone e iPad permite controlar o conteúdo armazenado no HD remotamente, nos próximos meses será lançado um aplicativo semelhante para aparelhos Android.
O G-Connect está disponível para pré-venda no site da linha G-Technology por US$ 200. Deve chegar às lojas lá fora em julho deste ano.

Fonte: Engadget


----------------------------------------------------------

Prévia do Windows 8: conheça 23 prováveis recursos



Faltando ainda mais de um ano para o seu lançamento, a próxima versão do Windows tem aparecido bastante nos últimos meses, em diversos vazamentos de informações. Chamado provisoriamente de Windows Next, o lançamento que chamaremos de Windows 8 vai ser bem parecido com o seu predecessor na aparência externa, mas ganhará uma bela renovada interna, desde o kernel.
Os rumores não param, mas, como é o caso de qualquer software não lançado, é difícil ter certeza de quais supostos recursos aparecerão na versão final e quais serão deixados de lado, ou mesmo nunca foram reais. Nós repassamos todos os rumores e todas as screenshots publicadas, assim como algumas que temos quase certeza serem falsas, e agora nos sentimos prontos para traçar alguns prognósticos sobre o que esperar do Windows 8.

Vamos lá, categoria por categoria.

1. Recursos de Armazenamento

Em parte por causa da sua enorme base instalada no mundo corporativo, a Microsoft tem demorado para abraçar as tendências de armazenamento nos últimos tempos. Os usuários avançados já se acostumaram a depender de ferramentas de terceiros para lidar com imagens de disco e tarefas de manutenção de drives, enquanto a empresa passou anos trabalhando em um novo sistema de arquivos.

Montagem de ISO

Os outros sistemas desktop (Mac OS X e Linux) incluem a capacidade de trabalhar com imagens de disco como funcionalidade básica, mas o Windows ainda está lamentavelmente atrasado nesta área. Até o Windows Vista, que nem é tão antigo, as pessoas precisavam de softwares de terceiros para gravar uma imagem em um disco físico. Apesar do Windows 7 ter vindo com essa capacidade, ele ainda não consegue montar e ler uma. Segundo vários fóruns de boatos, porém, este recurso finalmente virá incluído no Windows 8.
A montagem de ISO não terá grande significado para o usuário comum, mas os “power users” e administradores de sistemas poderão usar o recurso para padronizar instalações em múltiplos sistemas, preservar imagens estáveis para posteridade e fazer uso rápido de máquinas virtuais. Se levarmos em conta o ritmo gradual crescente em que o Windows vem dando suporte a imagens de disco, este recurso parece ter uma alta probabilidade de ver a luz do dia no lançamento futuro.

Probabilidade de realmente aparecer no Windows 8: 70%

Melhorias na Limpeza de Disco

Para ajudar os usuários no gerenciamento do espaço em disco, a Microsoft parece ter reinventado a ferramenta de Limpeza de Disco para o Windows 8. Diferente da ferramenta relativamente simplista presente no Windows 7, a versão melhorada que tem aparecido nos builds pré-lançamento do Windows 8 incluem opções que permitem organizar os arquivos por tamanho ou tipo. Isso deve facilitar muito o momento de liberar algum espaço rapidamente, quando apenas queremos ver os maiores arquivos, ou os temporários.

Probabilidade: 70%

Espaços de Trabalho Portáteis

Tomando uma atitude que vai roubar o espaço dos programas utilitários de terceiros para criar espaços de trabalho portáteis, a Microsoft parece estar integrando uma nova ferramenta para isso no Windows 8. De acordo com screenshots e vídeos vazados que mostram uma versão do Windows 8 datada do mês de abril, a ferramenta “Portable Workspaces” permitirá que o usuário crie uma imagem portátil do seu sistema em qualquer drive USB com no mínimo 16GB de espaço livre (pen drives de 16GB com 15.7GB livres não parecem funcionar).
Pelo que já vimos, aparentemente o recurso de espaço de trabalho portátil criará um clone miniaturizado do seu desktop, das suas preferências de usuário e dos seus aplicativos essenciais, para que dessa forma você possa colocar o seu pen drive em qualquer outro computador e ainda usar o “seu” Windows. As demonstrações vazadas pareciam surpreendentemente boas, e ficaremos surpresos se esse recurso não aparecer no produto final.

Probabilidade: 70%

Cofre de Histórico (“History Vault”)

O SP2 do Windows XP trouxe um recurso útil chamado Shadow Copy, que permitia atribuir versões a arquivos, mas relativamente poucos usuários a usaram, ou sequer tomaram conhecimento da sua existência. Mesmo hoje, no Windows 7, ela permanece obscura e inacessível à maioria dos usuários. Um recurso vazado do Windows 8, chamado History Vault, parece que trará o Shadow Copy ao conhecimento público.
As screenshots prévias do History Vault parecem estranhamente similares ao recurso Time Machine da Apple no OS X. Mas não estamos reclamando. Se os back-ups agendados e incrementais do History Vault se mostrarem com metade da usabilidade do Time Machine, poderão finalmente fazer com que ter um back-up se torne parte comum da vida dos usuários no mundo real.

Probabilidade: 70%

WinFS

Desde 2003, a Microsoft vem trabalhando em um novo sistema de arquivos, capaz de detectar e utilizar relacionamentos entre vários pedaços de dados em um PC. O WinFS (sendo que FS significa “Future Storage”) incorpora recursos de bancos de dados relacionais SQL para encontrar, de maneira inteligente, conexões entre arquivos e trazê-las à superfície para os aplicativos. Um exemplo comum disso pode ser uma versão do Windows Explorer capaz de descobrir automaticamente fotos de uma pessoa específica e exibi-las em ordem cronológica.
O WinFS era esperado como parte do Windows Vista em 2006, mas não foi incluído por dificuldades técnicas. A Microsoft não fez nenhum anúncio sobre a sua inclusão no Windows 8, e ainda não vimos nenhuma evidência crível de que será incluído. Se o WinFS finalmente acabar aparecendo como parte do próximo Windows, ficaremos surpresos – e felizes.

Probabilidade: 20%

2. Conectividade

O Windows 8 parece ser a versão mais conectada do Windows até hoje, com uma série de novos recursos para tornar a navegação web uma parte mais central da experiência de usuário, sincronizando dados para a nuvem e protegendo usuários de códigos maliciosos.

Internet Explorer 10

Apesar das constantes renovações do navegador (e do fato dele continuar a vir preinstalado em qualquer PC com Windows), a fatia da Microsoft no mercado de navegadores continua a diminuir frente ao crescimento de navegadores como o Google Chrome e o Opera. Então, apesar do IE9 mal ter saído das fraldas, o desenvolvimento do IE10 continua, num ritmo aparentemente bem rápido. Será que ele estará pronto a tempo do lançamento do Windows 8? Pode apostar.

Probabilidade: 90%

Navegador Imersivo

Uma das mais interessantes melhorias de navegador que encontramos no meio das informações vazadas do Windows 8 é um recurso que a Microsoft chama de Navegador Imersivo. Aparentemente baseado no navegador móvel do Windows Phone 7, o recurso provavelmente usará o motor de renderização do IE com uma interface tela cheia simplificada, adequada para tablets. Para aumentar a quantidade de informações na tela, a Microsoft reduziu o menu de opções aos seus elementos essenciais: Voltar, Avançar, Barra de Endereço, Recarregar e Favoritos.
Algumas screenshots descobertas também revelam uma interface de quadrados similar à Metro UI do Windows Phone 7, que exibe os links web como quadrados na interface do navegador, para navegação rápida. Este recurso parece que seria mais útil para tablets do que PCs, mas pode funcionar para ambos. Considerando todos os outros recursos voltados a tablets que têm aparecido nos códigos vazados, suspeitamos que o Navegador Imersivo já está praticamente confirmado para o lançamento do Windows 8.

Probabilidade: 90%

Filtro de Downloads SmartScreen

O IE9 inclui um filtro de phishing baseado em reputação chamado SmartScreen, que verifica arquivos, links e sites usando um banco de dados de reputação antes de abri-los no navegador. Os builds iniciais do Windows 8 parecem estar trazendo essa ferramenta mais para dentro do sistema, dando aos usuários a possibilidade de verificar arquivos contra o banco de dados do SmartScreen antes de permitir que eles se executem. Estas opções foram avistadas na aba Visualizar do menu de Pasta. Temos muito pouca dúvida de que elas estarão presentes na versão final.

Probabilidade: 90%

Armazenamento em Nuvem

Apesar da resistência de um certo segmento de usuários avançados, a nuvem já é uma parte integral da computação mainstream. A Microsoft tem se esforçado muito para alcançar serviços de terceiros como o Dropbox e o SugarSync com o seu serviço de sincronia LiveMesh, que permite que os usuários sincronizem pastas do seu PC com uma conta Windows Live.
Screenshots descobertas de versões alpha do Windows 8 mostram códigos que aparentemente integram sincronia com a nuvem diretamente ao sistema operacional. Não se sabe se isso simplesmente permitirá que o usuário interligue a sua conta do LiveMesh/SkyDrive ao Windows 8 ou se este tipo de funcionalidade será estendida também a serviços de armazenamento na nuvem de terceiros.

Probabilidade: 80%

Notificações Push

Ao chafurdar em arquivos DLL do código de uma versão alpha, mentes curiosas descobriram sinais de utilização de notificações push no Windows 8. Isso não é muito surpreendente, ao considerarmos os outros recursos cujo propósito é tornar o sistema operacional mais amigável a tablets. Apesar de não termos evidência clara sobre o modo como estas notificações funcionarão no próximo Windows, parece provável que elas serão capazes de fazer coisas como ativar um som ou uma luz quando um email chegar, ou anunciar uma requisição de chat por vídeo. Estamos ansiosos para saber mais sobre isso na versão beta.

Probabilidade: 70%

3. Recursos de Conta de Usuário

Por enquanto, avistamos poucas mudanças no modo como o Windows 8 gerenciará as contas de usuário, mas três recursos interessantes apareceram nos rumores.

Modo Convidado

Contas de Convidado têm se mostrado cada vez mais traiçoeiras para sistemas operacionais desktop. Apesar da ideia de permitir que qualquer um entre em um PC e use-o temporariamente soar bem em teoria, esta conveniência vem com sua dose de preocupações de segurança. O beta do Windows 7 incluía uma tentativa bacana de implementar um Modo Convidado, mas ela não foi incluída na versão final. Acontece que é mais difícil do que se possa imaginar criar uma conta de usuário temporária com acesso suficiente ao sistema para ser útil, mas sem abrir demais a máquina para ameaças de segurança que possam por em risco os arquivos do usuário principal. Será que o Modo Convidado aparecerá enfim no Windows 8? Não temos a menor ideia neste momento, mas suspeitamos que a Microsoft não deixou de lado o trabalho neste recurso, e achamos que há uma chance um pouco melhor do que 50% dela dar as caras.

Probabilidade: 60%

Reconhecimento Facial

Não há nada especialmente novo sobre a ideia de reconhecimento facial. Ela ajudou o HAL a rastrear o Dave em 2001: Uma Odisseia no Espaço, e vários fabricantes de PCs vendem sistemas que se dizem capazes de executar esta função nos últimos anos. Na prática, porém, não é sempre que a coisa funciona bem.
Em abril, o Windows8Italia.com – que tem sido uma das principais forças para descobrir recursos do Windows 8 a partir dos seus códigos – vazou notícias de uma API do Windows 8 chamada “detectar presença humana”, que provavelmente integra reconhecimento facial no sistema. Se for legítimo, este recurso estará de acordo com outras informações vazadas de Redmond, que dão a entender que a Microsoft está contando com a presença cada vez maior de webcams para viabilizar coisas assim.
A grande questão aqui não é se a Microsoft está ou não trabalhando em reconhecimento facial. Sabemos que ela está. O nosso ceticismo é principalmente sobre a qualidade da experiência de usuário e sobre a capacidade da Microsoft de fazer o reconhecimento facial funcionar bem o bastante para que as pessoas realmente queiram usá-lo. Se a precisão do recurso for menor do que 95%, a Microsoft receberá mais reclamações do que elogios das pessoas que passarão trabalho para fazer login nas suas máquinas. Então não culparemos a Microsoft se isso não aparecer no lançamento do Win 8.

Probabilidade: 50%

Reconfiguração de Sistema

Você alguma vez já quis explodir o seu sistema operacional de volta ao que ele um dia já foi e começar tudo de novo com o seu PC? Telas vazadas por um site chinês de Windows mostram a presença de um recurso chamado System Reset, que aparentemente faz exatamente isso, ou quase. A descrição do menu para o recurso diz: “Remova todos os programas instalados e restaure o Windows às suas configurações padrão. Você pode escolher manter as contas de usuário e os arquivos pessoais”.
Para administradores de sistema, assim como para aqueles que gostam de desinstalar o Windows de vez em quando para aumentar a velocidade, esse recurso pode ser realmente útil. Falta descobrir se um recurso como este representará algum problema de segurança em situações administrativas, mas está soando tanto plausível quanto interessante.

Probabilidade: 60%

4. Melhorias de Interface

Por enquanto, as screenshots que apareceram do Windows 8 não parecem substancialmente diferentes do Windows 7. Pode ser o caso da Microsoft não ter aplicado ainda todas as mudanças de interface que está planejando, mas por enquanto o fato é que não há muitas mudanças dignas de irritação ou de empolgação. Só encontramos duas que valem a pena serem mencionadas.

Ribbons por toda parte

Uma das mudanças de interface mais notáveis das versões prévias do Windows 8 é a proliferação dos menus estilo Ribbon no Windows Explorer. Já presentes em aplicativos inclusos, como o Paint e o Word Pad, a interface Ribbon agora adiciona uma série de botões novos ao menu do Windows Explorer. Pelas telas que vimos, parece que a nova interface deixará muitas operações de menu comuns acessíveis com um único clique, eliminando a necessidade de procurar as opções nos menus ou aprender as teclas de atalho.

Probabilidade: 80%

Aero Autocolor

O Aero Autocolor é uma simples opção no painel de controle de Aparência, que faz com que o Windows escolha automaticamente a cor predominante do seu tema de acordo com a principal cor presente no seu papel de parede. Se você tiver colinas verdejantes no seu desktop, o contorno das janelas e a barra de ferramentas poderão assumir um tom de verde. Será que isso será melhor do que a transparência? Não sabemos dizer.

Probabilidade: 70%

5. Integração de conteúdo

Computadores e smartphones já se transformaram há muito tempo em máquinas que fazem bem mais do que as funções básicas para que foram criados, e se tornaram, entre outras coisas, aparelhos de entretenimento. Como a Microsoft vai responder a esta tendência?

Windows App Store

O rumor de conteúdo mais prevalente no universo do Windows 8 é que a Microsoft está trabalhando em uma App Store. Não seria surpreendente. A Microsoft já tentou copiar o modelo de varejo da Apple, e agora cada plataforma tem algum tipo de loja de apps própria. Às vezes a imitação é a forma mais sincera de elogio; outras vezes é apenas ser inteligente nos negócios. Nós achamos que uma Windows App Store faz todo o sentido, e poderia inclusive ser melhor sucedida que a Mac App Store, considerando a enorme base instalada da Microsoft. Nossa maior dúvida sobre isso é se a entrada da Microsoft nesta arena não poderá levantar questões antitruste sobre a prática de mercados de aplicativos “first-party”, o que representaria problemas não só para o Windows 8, mas também para o Android e o iOS.

Probabilidade: 80%

Suporte a PDF

Finalmente, a Microsoft parece estar implementando suporte direto a PDF no Windows, com um aplicativo chamado Modern Reader. Presume-se que, assim como o Preview faz no Mac, o Modern Reader será capaz de ler bem mais do que PDFs. A nossa opinião? “Demorou.”

Probabilidade: 90%

6. Otimizado para Tablets

Por mais de uma década, a Microsoft trabalhou para fazer as pessoas comprarem tablets com Windows. Sem sucesso. Primeiro havia o Tablet PC, depois os UMPC tablets Project Origami (que, surpreendentemente, ainda existem), e mais recentemente o HP Slate, que temos certeza que só foi comprado por algumas pessoas – todas parentes de empregados da HP ou da Microsoft. Para revidar contra essa consistente falta de interesse e para capitalizar em cima da atual loucura por tablets, a Microsoft está tomando medidas para otimizar o Windows 8 para uso neste tipo particular de computador.

Suporte a “System on Chip”

Como sabemos que a Microsoft está fazendo o Windows 8 para tablets? Porque o presidente Steve Ballmer praticamente nos contou. Na sua keynote da CES em janeiro, ele demonstrou uma “futura versão do Windows na interface atual” rodando em um processador ARM, e passou um bom tempo falando sobre o grande papel que a diminuta arquitetura SOC (System on Chip) terá no futuro da empresa. Renee James, da Intel, confirmou isto há alguns dias, quando afirmou que a Microsoft lançará múltiplas versões do Windows 8 tanto para x86 quanto para ARM, incluindo quatro builds distintos para este segundo. O que isso significa é óbvio: o Windows 8 está sendo projetado para rodar em chips de baixo poder da ARM, Qualcomm, AMD, Intel e Texas Instruments. O que ainda não está claro é que forma esta funcionalidade tomará.

Probabilidade: 90%

Interface de Toque

Mesmo dando como certo o suporte a SOC, o próximo Windows estaria fadado ao fracasso em tablets sem algumas boas melhorias na interface de toque. Não surpreendentemente, os fóruns de rumores sobre Windows 8 estão agitadíssimos com todo tipo de conversa sobre melhorias voltadas a melhorar a experiência de toque, muitas das quais parecem ter sido adaptadas diretamente do Windows Phone 7.

Probabilidade: 80%

Login por gestos

No que parece ser uma enorme concessão para o formato de tablets, as primeiras versões do Windows 8 incluem a opção de fazer login usando um padrão de movimento similar ao usado no Android. Nos vídeos do YouTube que demonstravam o recurso (a maioria dos quais parece ter sido retirada do ar a pedido da Microsoft, o que só legitimiza mais as suspeitas), a tela de login consiste em uma grade de 16 quadrados, o que permitiria padrões bem mais complexos do que os possíveis na grade 3×3 do Android. Até onde sabemos, esta tela de login é algo confirmado para o Windows 8, o que dá um ar de certeza também para os relatos de outras melhorias de interface de toque.

Probabilidade: 90%

7. Outros Ajustes

Muitas coisas que ainda não fazemos ideia provavelmente ainda serão descobertas até a estreia do Windows 8, mas ainda restam algumas coisas sobre as quais sabemos alguns detalhes interessantes.

Gerenciador de Tarefas Moderno

Os usuários avançados terão acesso mais rápido ao monitor de recursos e ao gerenciador de tarefas do Windows através de um único painel de controle, chamado Modern Windows Task Manager. Não há muitas funcionalidades novas aqui, mas a junção dos painéis de controle tornará mais rápido o trabalho de identificar e encerrar os processos problemáticos com um clique.

Probabilidade: 80%

Boot Híbrido

Para acelerar o tempo de boot, a Microsoft parece ter bolado um novo método de desligamento e inicialização chamado Hybrid Boot. Esta abordagem parece funcionar mais como uma hibernação do que um desligamento, deixando muitos dados em cache para recuperação rápida quando o sistema for inicializado de novo. As telas vazadas também mostram uma opção para reverter o sistema para o método convencional de desligamento, para aqueles que preferem economizar energia. O Hybrid Boot, aparentemente, não vai alterar o modo como a Reinicialização do Windows funciona.

Probabilidade: 80%

Centro Genuíno

Sabemos que todos vocês estavam esperando por isso, então não vamos mais enrolar: Sim, o Windows 8 terá o esperadíssimo recurso que finalmente acabará com todas as suas dúvidas sobre existir alguma possibilidade da sua cópia do Windows 8 não ser genuína.
OK, estamos sendo sarcásticos, mas essa aqui não é nenhuma surpresa. Faz tempo que a Microsoft mascara a sua guerra contra pirataria de software como um serviço ao usuário, o Genuine Center não parece nada mais do que uma continuação desta tendência. Neste menu, você poderá colocar ou alterar a sua chave de licença e ver o seu “status de genuinidade”. (Sim, essa palavra existe.)

Probabilidade 100%


---------------------------------------------------------

Ressaca E3 2011
Saiba os 10 games que vão fazer você abrir a carteira e gastar o joystick ainda esse ano


 A E3 2011 veio e foi-se como um furacão, anunciando algumas inovações para os próximos anos, como o PlayStation Vita, o novo portátil da Sony, e o Wii U, a semi-sequência do Wii, com gráficos em HD. Mas o que você ainda vai botar no seu console em 2010, o que vai te fazer gastar os polegares e jogar o controle no chão, frustrado?
Escolhemos aqui os 10 games que vão povoar seus consoles e PCs até o fim de 2011. Se em 2012 o mundo acabar, pelo menos você vira poeira cósmica sabendo que já viu alguns dos jogos mais interessantes já feitos.

The Darkness 2 | 2K Games | 4 de outubro de 2011 | PC, PS3 e Xbox 360
“The Darkness 2” conta a história de Jackie Estacado. Ele não é um cara normal. Além de ser o líder da máfia Franchetti, depois de derrubar o antigo Don da família, Paulie, no primeiro game, o rapaz lida com duas enguias homicidas e maléficas que saem de seu corpo. Com gráficos cel-shading similares a “Borderlands”, violência descontrolada e uma boa mecânica aliada aos tiroteios comuns, o game promete injetar alguma vida no cansado gênero FPS.

The Elder Scrolls V: Skyrim | Bethesda Game Studios | 11 de novembro de 2011 | PC, PS3 e Xbox 360
Se você está com seu feiticeiro dark elf nos rincões mais profundos de “Oblivion”, provavelmente já está em alguma pré-venda de “Skyrim”. O novo game da série “Elder Scrolls” é maior, mais bonito e tão obsessivo quanto seus predecessores.
Além de uma nova região, a Skyrim do título, o game traz dragões para a franquia, de uma forma espetacular: os lagartões ficam voando por aí, seguindo um comportamento próprio, não apenas defendendo cavernas pré-determinadas. Para fãs de RPGs ocidentais, é imperdível.

Gears of war 3 | Epic Games | 20 de setembro de 2011 | Xbox 360
Cliff Bleszinski é o desenvolvedor americano que mais parece compreender o que seu público quer. Querem fuzileiros espaciais com bíceps do tamanho de barris? Claro! Querem tiros voando e sangue jorrando? Imediatamente. Querem multiplayer rápido e profundo? Pode apostar. “Gears of War 3” é o pináculo dessa jornada pela mente do jogador moderno, aperfeiçoando todos os detalhes, do sistema definitivo de cobertura ao modo mais correto de organizar lobbys no multiplayer. Se essa é sua praia, não fica muito melhor que 
 “Gears of War 3”.

Resident Evil: Operation Raccoon City | Capcom | Fim de 2011 | PC, PS3 e Xbox 360
“Resident Evil: Operation Raccoon City” é a Capcom pegando as sobras de tudo o que a indústria tem feito nos últimos anos e misturando em uma panela, com o tempero zumbi de sua própria franquia. E quer saber? Ficou gostoso. Com um sistema de cobertura com um toque de “Gears of War”, uma mecânica cooperativa de “Left 4 Dead”, um sistema de classes de qualquer FPS que se preze e zumbis, Lickers e outros monstrengos, a empresa dessa vez mira no passado e revive eventos de “Resident Evil 2”. Fuzilar hordas de zumbis lentos (finalmente!) com amigos é uma diversão difícil de superar.

Batman: Arkham City | Rocksteady Studios | 18 de outubro de 2011 | PC, PS3, Xbox 360, Wii U
Quem jogou “Batman: Arkham Asylum”, sabe que aquele foi o “Batman Begins” do morcegão nos games. Depois de anos de games indo do mais ou menos ao horripilante, finalmente o herói ganhou um título que todos levaram a sério e é um dos clássicos da geração.
A sequência amplia tudo, com Batman enfrentando gangues em uma área fechada de Gotham, com vilões como Duas-Caras e Pinguim comandando seus pequenos exércitos e o diabólico Hugo Strange coordenando o show no papel do diretor da prisão. Para quebrar a ação, a Mulher-Gato é uma personagem jogável em algumas missões próprias, com mecânicas bem diferentes das de Batman. Imperdível é pouco.

Call of Duty: Modern Warfare 3 | Activision | 8 de novembro de 2011 | PC, PS3 e Xbox 360
“Modern Warfare 3” provavelmente já é o game mais vendido de 2011, mesmo meses antes de seu lançamento. Com uma comunidade online completamente leal, a franquia é uma das mais refinadas de FPS do mundo. No comando do terceiro episódio da sub-série “Modern Warfare”, está a despedaçada Infinity Ward e os novatos da Sledgehammer. Pelo que foi mostrado até agora, tudo parece bastante similar, mas com gráficos impressionantes e uma escala sem paralelos. Os jogadores levam a guerra para grandes capitais, como Berlim, Londres, Nova York e Paris, isso sem contar o modo multiplayer explosivo.

Star Wars: The Old Republic | BioWare | Fim de 2011 | PC
Poucos games geram tanta expectativa e medo quanto “The Old Republic”. Expectativa, pois é a primeira investida da BioWare, uma das empresas que mais dominam RPGs no mundo, no ramo dos MMORPGs. Medo, pois relatos pré-lançamento de supostos ex-funcionários indicam que o game é uma piada. Sem dúvida o projeto é ambicioso e revolucionário, mas será que ele vai conseguir bater de frente com gigantes como “World of Warcraft”? O fim do ano precisa logo chegar, jovem padawan.

The Legend of Zelda: Skyward Sword | Nintendo | Fim de 2011 | Wii
A sensação passada na E3 é que “Skyward Sword” é o canto do cisne do Wii, o último grande game antes do fim de seu ciclo. Se for, o console da Nintendo até sai com grande estilo, com um “Zelda” que consegue unir um estilo mais maduro, como visto em “Twilight Princess”, mas com a alma de “Ocarina of Time” e áreas coloridas como em “Wind Waker”. O controle exclusivo com o Wii Mote é estranho e até levemente impreciso, mas com o Wii Motion Plus, as ideias de Shigeru Miyamoto e sua equipe ficam mais claras. Se você tem um Wii, se despeça dele com “Skyward Sword”.

Rage | id Software | 4 de outubro de 2011 | PC, PS3, Xbox 360
“Rage” é o novo game de tiro de John Carmack, o criador de “Doom”, “Wolfenstein” e “Quake”. Só isso já deveria ser o bastante para você abandonar alguns almoços para juntar o dinheiro para o game. Mas não é só isso: a atmosfera do game, ambientado em um mundo pós-apocalíptico, é incrível, com gráficos extraordinários proporcionados pela nova engine id Tech 5. Além dos tiroteios contra mutantes desfigurados, o game promete perseguições de carro bem arcade em paisagens desoladas.

Battlefield 3 | EA Games | 25 de outubro de 2011 | PC, PS3 e Xbox 360
A Activision domina o mercado de FPS com “Modern Warfare” há alguns anos. A EA tentou morder o gigante com o mediano “Medal of Honor” e com os bons ”Battlefield: Bad Company 1 e 2”. Não teve sucesso. Agora, a publisher vem com uma engine nova, a impressionante Frostbite 2, e ataca com “Battlefield 3”. O game parece ter uma escala menos insana que “Modern Warfare 3”, mas os gráficos são incríveis e a destruição estratégica do cenário pode trazer um dinamismo ausente na franquia da Activision. O tiroteio vai ser bom em 2011.
Plataformas: _Xbox 360_ | _PS3_ | _PC_ | _DS_
Categoria: _especiais_

---------------------------------------------------------------

Windows Phone vai passar iPhone em 2015, diz estudo



Parceria com a Nokia deve alçar Windows Phone para segunda posição em sistemas operacionais para smartphones, atrás apenas do Android

A parceria entre Microsoft e Nokia vai fazer o Windows Phone 7 ser o segundo sistema operacional para telefones celulares mais usado no mercado de smartphones mundial até 2015. A previsão é do IDC, que acredita que em 2015, com a ajuda da Nokia, o sistema operacional da Microsoft ficará apenas atrás do Android - do Google - na lista de sistemas mais utilizados entre telefones celulares inteligentes.

Atualmente, o Windows Phone detêm 3,8% de participação no mercado de smartphones. Mas com a decisão da Nokia, maior fabricante de celulares do mundo, de passar a vender apenas smartphones com sistema Windows a partir de 2012, a Microsoft herdará quase todo o mercado do Symbian, plataforma atual dos smartphones da Nokia, que hoje controla 20,6% do total do mercado de fones inteligentes.

Dessa forma, a IDC aposta que, em 2015, o mercado de smartphones será composto por Android (43,8% de mercado, contra 38,9% previstos para 2011), Windows Phone 7/Windows Mobile (20,3% versus 3,8% em 2011), e iOS, da Apple (16,9% versus 18,2%). O Symbiam por sua vez, estará quase extinto, com apenas 0,2% de participação de mercado - com os poucos aparelhos fabricados até o final de 2011 em estoque.

Em relação ao mercado mundial de smartphones como um todo, a IDC prevê que os fabricantes vão entregar 450 milhões de aparelhos neste ano para venda, contra 303,4 milhões enviados em 2010. Segundo a consultoria, o crescimento do Android significa a consolidação das estratégias dos fabricantes feitas em 2010.

Fonte: G1
----------------------------------------------------

Smartphone do PlayStation chega ao Brasil no segundo semestre
Aparelho junta a funcionalidade de um celular com à experiência em games de um console portátil



A Sony Brasil acaba de anunciar que o Xperia Play, também conhecido como PlayStation Phone, chegará ao país no segundo semestre de 2011.
O aparelho junta a funcionalidade de um smartphone com à experiência em games de um console portátil. Para tanto, conta com um controle que segue o modelo clássico dos videogames da Sony, com quatro botões (X, Círculo, Quadrado e Triângulo), duas teclas de ombro (L e R), e direcional digital, além de dois sensores que fazem o papel das alavancas analógicas do aparelho.
Segundo Renato Cechetti, representante da Sony Ericsson, o modelo brasileiro chegará às lojas com seis jogos pré-instalados: “Asphalt 6”, “FIFA 2010”, “Bruce Lee Dragon Warrior”, “Tetris”, “Star Battalion” e “Crash Bandicoot“, além de um jogo não revelado que será disponibilizado de graça via download.
“Outros 50 jogos também estão disponiveis na loja Virtual Androide, mas a expectativa é que, até o final do ano, mais de 80 títulos já estejam disponíveis para download. Além disso, títulos como “F1 2010” e “Asphalt 6” poderão ser jogados contra outro jogador por meio de conexão sem fio”, afirmou Cechetti.
O Xperia Play também vem equipado com o mais atual sistema operacional Androide 2.3 (chamado Gingerbread), tela multitoque de 4 polegadas, uma câmera frontal e outra traseira, além de um processador Snapdragon de 1 Ghz aliado a uma GPU Adreno 205 de vídeo dedicado de alto poder de processamento capaz de rodar 60 quadros por segundo.
Apesar da confirmação da chegada do aparelho ao Brasil, a Sony não quis revelar o preço e a data exata do lançamento, mas afirmou que o celular será fabricado no país.
Faturamento Recorde
A Sony Brasil também anunciou que 2010 foi o melhor ano de sua história. A empresa registrou aumento de 65% no seu faturamento em relação a 2009 - o maior crescimento da companhia desde a sua instalação no país em 1972.
O resultado se deve principalmente a venda de televisores, que tradicionalmente cresce em anos de Copa do Mundo, juntamente com o lançamento da linha completa e oficial de PlayStation no Brasil. A categoria de câmeras digitais também apresentou evolução. O Brasil já é o 3º maior mercado da marca, ficando atrás apenas de Estados Unidos e China.


------------------------------------------------------------------------

Airbus apresenta avião do futuro
Acesso digital ilimitado, paredes transparentes e poltronas moldáveis são alguns itens do avião de 2050



Esqueça o sistema de divisão em primeira classe, classe executiva e econômica; esqueça também de desligar seu celular, tablet e outros aparelhos eletrônicos; os aviões do futuro serão divididos em setores baseados na sua necessidade e poderão usar aquela energia corpórea extra que você gera para abastecer os motores. Essa é a visão da Airbus para os vôos do ano 2050.


O conceito da Airbus divide a aeronave em sessões baseadas em seu estado de espírito. Os passageiros que estiverem buscando um vôo tranquilo e livre de interrupções poderão se refestelar em uma poltrona confortável e capaz de se moldar ao seu corpo (ou à sua vontade) na Relaxation Zone (Zona de Relaxamento).


Aqueles que preferem passar seu tempo interagindo – com máquinas ou com pessoas – terão à sua disposição uma pletora de jogos e acesso ilimitado aos seus aparelhos eletrônicos na Interactive Zone (Zona de Interação).


Também haverá espaços específicos para os que viajam a trabalho e querem manter contato com seus clientes e empresas e até uma zona chamada Vitalizing Zone (Zona de Vitalização) que terá serviços de relaxamento como acupuntura e massagem.


Nesse último ambiente será possível deixar as paredes do avião transparentes para se ter visão panorâmica da paisagem externa com um toque de um botão. Enquanto você estiver sentado, a “cadeira mutante”, adaptável ao seu corpo ou ao seu conforto, irá colher energia corpórea gerada pelo seu calor. A Airbus só não deixou muito claro como isso será feito, exceto que irá usar “materiais inteligentes”.


Outros mimos da aeronave do futuro incluem a possibilidade de obter privacidade completa usando cabines holográficas e, claro, o acesso digital ilimitado.

Fonte: The Telegraph

---------------------------------------------------------

Nintendo Wii U terá processador gráfico da AMD



GPU personalizada permite gráficos de alta definição, aceleração multimídia rica e suporte a múltiplos monitores

A AMD acaba de anunciar que será a fornecedora do processador gráfico no novo videogame da Nintendo, o Wii U.

O aparelho terá um custom MD Radeon HD GPU que irá oferecer gráficos em alta definição, aceleração e reprodução rica em multimídia, além de suporte a vários monitores.

"A AMD compartilha do entusiasmo da Nintendo pela nova experiência de entretenimento em HD planejada para o Wii U", disse David Wang, vice-presidente corporativo da Engenharia de Silício da AMD. "Estamos orgulhosos em oferecer nossos gráficos de multimídia em HD de ponta para capacitar as novas funcionalidades de entretenimento do console. A Nintendo é um cliente de alto valor e aguardamos ansiosamente o lançamento em 2012”.

O Wii U foi apresentado nesta semana durante a E3 2011, evento mais importante da indústria do videogame, e representa a próxima geração de consoles da Nintendo.

A parceria entre as empresas não chega a ser uma surpresa, tendo iniciado em 2001, para a produção do GameCube e, mais tarde, para o atual Wii.

A manutenção do acordo com a AMD também torna o processo de retrocompatibilidade com os consoles das gerações anteriores ainda mais fácil e barato para a Nintendo.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo Jornal Comunitário nos informando sobre os acotecimentos do dia-a-dia, excelentes matérias, sucesso para voçês!

    ResponderExcluir

Pages