Vereador Aelson se manifesta sobre o escândalo dos funcionários fantasmas - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

26 de outubro de 2011

Vereador Aelson se manifesta sobre o escândalo dos funcionários fantasmas



Na sessão do dia (20), o Vereador José Aelson (PDT), encaminhou ao Ilmo Sr. Erasmo Rodrigues Teixeira – Secretário Municipal de Administração, um requerimento onde exige que seja enviado a esta Casa Legislativa, a Relação dos Servidores deste Poder Executivo que têm 02 (dois) vínculos empregatícios.

Em seu pronunciamento o Vereador José Aelson (PDT), alega que “as vezes as coisas são imoral mais não são ilegal”, o que se comenta em Propriá é que existe uma relação de servidores com vários empregos, pessoas que não prestam serviço, e só vão receber o dinheiro no final de seu expediente, então é preciso que essa Casa de Leis, tenha o conhecimento, de quem são, existem casos que o servidor tem a capacidade de exercer uma outra função, mais existem outros que não dão conta da sua carga horária, e só vão assinar a presença e pronto. O mesmo ainda diz que se o Ministério Público for afundo nisso vai encontrar muita coisa, então seria bom que o Prefeito, preste um diálogo e tome uma decisão pacifica junto a estes servidores.

O Vereador Fernandinho Britto (PT) disse que os servidores tem o prazo de 15 dias para escolher qual o vinculo que o mesmo desejar está. E caso o mesmo não escolha, a Prefeitura tem que abrir um inquérito sobre pena de devolver o dinheiro, para que o problema seja solucionado, na opinião do parlamentar, se o servidor der conta dos dois empregos ótimo, mais infelizmente a Constituição veda, o servidor só pode acumular 2 cargos de Professor, 2 da área de Saúde, e tem muitos outros como, 2 Vigilantes, 2 Serventes etc.

O Vereador José Aelson (PDT), indignado, reclama da forma com que os servidores estão sendo informados, ele cita que estão sendo intimados de uma forma grotesca, e isso causa choque e transtorno, revolta a família, então é necessário uma forma mais amena, mais sensível para contornar este problema.

O Parlamentar ainda reclama dos servidores de fora do nosso município, que se sobrecarrega de mais de 2 vínculos empregatícios, tirando a oportunidade de outro cidadão exercer aquele cargo sobrecarregado, deixando a oportunidade dos excedentes do nosso município e regiões circunvizinhas de trabalhar.

O Vereador ainda propôs um outro requerimento, ao Sr. Erasmo Rodrigues Teixeira Secretário de Administração que fosse enviado a esta Casa Legislativa a lista de todos os servidores efetivos do nosso Município, com cargo ou função e local de trabalho.

Em defesa ao requerimento, o parlamentar esclarece que no município existem mais de 1.000 funcionários, então onde estão, pois aos pouco que o mesmo conhece, são contratados, o parlamentar exige a transparência, para que haja um confirmação perante toda sociedade que esses tantos funcionários, estejam realmente prestando seu serviço diante ao município para que não acarretem em novos escândalos.

A Vereadora Lúcia (PSD), entre no debate alegando que, existem boatos que existem vários médicos com vários vínculos empregatícios, e que os mesmo seriam afastados destes cargos, devido esta sobrecarga, então a parlamentar deixa sua opinião afirmando que, do que seria Propriá, se não estivessem esses Médicos no gozo da sua profissão a mesma cita; Dr. Flamarion, Dr. Adriano. Dr. Jonas, Dr. Rogério, dentre outros, e se esse fato se concretizar, só irá prejudicar e muito a Saúde já precária do nosso Município.

Fonte/Autor: Ascom/Câmara/Roberto Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages