Vereador Fernandinho Britto cobra providências em relação ao abandono do Ginásio e Estádio Público de Propriá - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

14 de outubro de 2011

Vereador Fernandinho Britto cobra providências em relação ao abandono do Ginásio e Estádio Público de Propriá


Na sessão do dia (11), o Vereador Fernandinho Britto (PT), propôs um requerimento ao Prefeito José Américo Lima, para que a gestão seja mantida junto ao Estado para que sejam tomadas providências referente ao abandono do Patrimônio Público Estadual o Ginásio de Esporte Governador Valadares e Estádio João Alves filho.

Em defesa ao seu requerimento o Vereador Fernandinho Britto (PT) retrata dizendo que é uma maldade o que está acontecendo com as quadras de esporte de nosso Município, pois o Estádio do João Alves Filho praticamente não existe, em termos de estrutura física, já o ginásio está entregue, servindo de material para fins alheios. O Vereador entende que o estado destes dois patrimônios não é culpa do atual Governador, pois tais obras já vinham de outros governos, mais ressalta que o requerimento é uma forma de fazer uma lembrança ao Governo de estado, pois recentemente o próprio reformou alguns estádios como por exemplo: Estádio de Itabaiana, Maruim, Estância, Lagarto, construiu um novo em Ribeirópolis, outro em Tobias Barreto e um outro em Cristinápolis. E Lembra que a única justificativa para o Governo não ter reformado o estádio da nossa cidade como foi feito nos demais estádios do Estado, seria o estádio está levando o nome do ex Governador João Alves Filho, coisa que Fernandinho particularmente não quer acreditar, até por que o Governador se desejar poderá mudar o nome do Estádio. E o mesmo faz um apelo para que em 2012 seja a vez do Município de Propriá, que tenha as praças esportivas também reformadas.

Em realce ao que foi pronunciado, o Vereador Marcos Oliveira (PV), toca é um ponto bastante debatido por todos os desportistas do nosso Município e pela imprensa Sergipana a exemplo do (Manchete do São Francisco, Tribuna da Praia e Cinform), que é a venda do Estádio Constantino Tavares campo do Propriá, o vereador esclarece que muitas pessoas pensam que a lei não dá o direito de intervir nessa ação, pelo contrário, cabe a nós usarmos nosso Lobby (Atividade de Pressão), pois acabando com duas praças de Esporte, e ainda o Campo do Propriá, amanhã o Estádio do América já têm dono, e isso compromete a prática de esporte sacrificando os desportistas da nossa cidade. O Vereador espera que o Governador atenda mais este pedido, feito pelos Vereadores da Câmara Municipal de Propriá, e que as devidas providências sejam tomadas e ressalta que Propriá este muito esquecida pelo Governo Estadual.

O Vereador Genival Moreira (Gena) (PTC) entra no debate e toca no ponto bastante importante que é o Colégio Don Antônio Cabral, que se encontra em um retrato de abandono, e afirma que os Vereadores já pediram em vários requerimentos, e nenhuma providência foi tomada até o momento. A Vereadora Rosélia (PTC), declara que a verba para a Escola é de 390.000 (trezentos e noventa mil reais), e a escola está do jeito que está hoje, por isso todos nós cidadãos ficamos meios desacreditados com tantas promessas.

O Vereador Jurandy Sandes (PDT) parabeniza o Vereador Fernandinho (PT) pela cobrança, afirmando que os próprios vereadores têm feitos ao longo dos seus mandatos está cobrança, e lembra que o Governador Marcelo Déda fez muito por Propriá, fez e tá fazendo sem duvida nenhuma, só que nesse item debatido está deixando a desejar, ele alega também que foi investido R$ 15.000.000,00 (quinze milhões de reais), e todas as praças esportivas do estado foram recuperadas, só a do nosso Município que se encontra no estado atual. O nosso Município é conhecido como o celeiro do Futebol e o Vereador faz uma análise de quantas praças de esportes existem em nossa cidade, na verdade “uma” que hoje é particular e pertence ao América, pois é a única que tem condições de realizar um evento de futebol, pois os demais não tem condições alguma de praticar o esporte devido a sua precariedade estrutural. O povo de Propriá ama o Futebol exemplos dos campeonatos Amadores escolinhas de Base ou tambem o próprio Clube do Propriá e América, e o que vemos hoje são as nossas praças degradadas por falta de apoio, tanto pelo Poder Executivo Municipal, como também pelo Estado.

Fonte/Autor: Ascom/Câmara/Roberto Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages