FIQUE DE OLHO: “O caminho natural do PT é permanecer aliado de Zé Américo - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

8 de novembro de 2011

FIQUE DE OLHO: “O caminho natural do PT é permanecer aliado de Zé Américo

... ou entregar cinco cargos de secretários e dezenas de comissionados”, avalia líder do prefeito Fernandinho Britto


O vereador João Fernandes de Britto (PT) defende que o seu partido permaneça aliado ao projeto atualmente encabeçado pelo prefeito José Américo Lima (PSC). O líder do prefeito na Câmara Municipal de Propriá entende que o PT chegou à prefeitura em aliança com o atual prefeito, que tem o legítimo direito de buscar sua reeleição, “além do que, o presidente estadual do partido, Sílvio Santos, já sinalizou positivamente neste sentido quando da pose em 02 de agosto”, justificou.

Fernandinho acredita que “o PT permaneça aliado, pois tem sido prestigiado pelo prefeito, ocupando cinco secretarias, ocupando ainda dezenas de cargos comissionados, logo, será uma questão de retribuição a quem tem sido correto com o partido”, completa. “O PT conta atualmente com 260 filiados, mas apenas 100 devem participar das prévias, se observarmos os últimos encontros e Processo de Eleições Diretas, e destes, acreditamos que a maioria optará por marchar junto ao prefeito”, acrescenta.

Direção pró-Américo

A atual direção petista, cujo mandato vai até 20 de fevereiro de 2013, é composta por 10 (dez) membros, a saber: Heldes Guimarães Silva (Presidente), Wilson Torres Silva (Vice-Presidente), João Fernandes de Britto (Secretário Geral), Ataíde da Silva (Secretária de Organização), Wilson Vieira da Silva (Secretário de Finanças), Alberto Silva Carvalho (Secretário de Formação Política), Elso Soares de Oliveira (Secretário de Comunicação), Euler Ferreira da Mota (Secretário de Assuntos Institucionais), Vanessa Regina Pereira Santos (Secretária de Mobilização) e Paulinho Campos (Líder do PT na Câmara). Destes membros, cinco deles ocupam cargos e funções na administração, outros possuem parentes ocupando cargos em comissão, o que prenunciam um quadro favorável ao prefeito.

Decisão em janeiro

Apesar do Calendário estabelecer o limite de realização das prévias para o mês de março, Fernandinho Britto defende que a decisão partidária de permanecer aliado ou se colocar em oposição ao prefeito deve ser antecipada para janeiro, “pois não seria justo para com o prefeito, nem correto de nossa parte, que permanecêssemos ocupando estas funções na administração e em abril deixássemos para passar a fazer oposição”, defende o vereador.

Soldado do partido

Fernandinho disse que é um soldado do partido e, caso a decisão seja por candidatura própria, apoiará o nome eu for escolhido e, neste caso será candidato a reeleição em 2012. “Mas se a decisão for pela permanência do PT aliado ao prefeito, que todo o partido compreende a necessidade de marcharmos unidos ao projeto de reeleição”, alerta. “Acredito que o PT só não estará ao lado de Américo se este não aceitar, e acho que ele prefere o partido ao seu lado”, emenda o petista. “No meu caso, ou sou candidato a vice-prefeito de Américo, ou disputo a reeleição”, anuncia.

Rejeição do prefeito

Sobre os índices de rejeição popular aos primeiros três meses do prefeito José Américo, Fernandinho disse que “Américo é combatido pelos por Eugênio Santana, pelos aliados de Renatinho e aliados insatisfeitos, talvez por não ter pedido atendido”, avalia. “Mas se estes criticavam o prefeito Paulo Britto pela sua ausência na cidade, não podem dizer o mesmo de Américo, que está 24 horas em Propriá”, compara. Sobre o peso político e viabilidade eleitoral do prefeito, Fernandinho disse que “Américo é fortíssimo, pois sozinho obteve mais de 5 mil votos para deputado federal e agora tem a força de estar prefeito, ter base política e eleitoral”, prevê o líder do prefeito.

Candidato de Rogério

Sobre o apoio do deputado federal Rogério Carvalho ao projeto de candidatura própria, Fernandinho crê sendo este amigo-irmão do ex-prefeito Paulo Britto e tendo entendido o gesto de renúncia do ex-prefeito em favor de seu vice, lhe será solidário apoiando a reeleição de Américo. “Além disso, Rogério é pré-candidato a prefeito em Aracaju e estará mais preocupado com a sua escolha como candidato do PT, mas que não abandonará o projeto ao qual estivermos aliados em Propriá”, avalia. “Vejo que a aliança do PT e PSC em Aracaju, será repetida na maioria dos municípios, inclusive Propriá”, completa.

Por: Claudomir Tavares
Fonte: Tribuna da Praia Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages