Secretária de Saúde Mércia Simões vai a Câmara a pedido do Vereador José Aelson - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

10 de dezembro de 2011

Secretária de Saúde Mércia Simões vai a Câmara a pedido do Vereador José Aelson


Na sessão do dia (8) o Vereador José Aelson (PDT) propôs um requerimento a Sra. Mércia Simões Secretária Municipal de Saúde com a ajuda também do Vereador Genival que constantemente trás a esta Casa de Leis requerimentos voltado para a Saúde, e por isso a Secretária se fez presente na Câmara Municipal de Propriá para prestar esclarecimentos sobre vários temas que margeiam nosso município, dentre eles; crescimento alarmante do numero de casos de dengue no município, falta de médicos nos postos de saúde, horário de trabalho e carga o horária dos servidores dos postos públicos, falta de medicamentos na farmácia básica inclusive o de usos contínuos, marcação de consulta nos postos de saúde e centro de especialidades e por ultimo transporte de pessoas para consultas e exames.

Em seu pronunciamento o vereador José Aelson (PDT), o parlamentar alega que foi procurado por alguns agentes de saúde e na sua totalidade estão reclamando do horário de trabalho, por isso o vereador questiona a secretária como vai ficar o Plano de Contingência dos agentes de saúde, pois agora sabe-se que irá haver uma redução dos servidores contratados do estado, o Vereador lembra que na questão da falta de médicos na saúde com certeza a Secretária já corrigiu, já na questão do crescimento dos casos de Dengue a sociedade não teve nenhum dado concreto para este problema e com a vinda da secretária o parlamentar espera que a mesma traga estes dados para que sejam a apresentado nesta sessão, no questão da falta de medicamentos sabemos que já existem alguns medicamentos e outros ainda se encontram em falta, fato comprovado. A marcação de consulta nos postos de saúde está havendo dificuldade, pois pacientes não estão conseguindo mais marcar suas consultas, pois não esta existindo reserva, já no transporte das pessoas para Aracaju, “vejo pessoalmente com problema, pois existe um enorme numero de pessoas que viajam em um único veiculo, fazendo um rodízio em várias clinicas e acabam perdendo o horário das outras consultas, e para conseguir remarcar a consulta é muito mais difícil.” relata o parlamentar.

A Secretária Mércia Simões presta esclarecimentos aos parlamentares e a sociedade presente, primeiramente parabenizando a iniciativa do vereador José Aelson alegando que os secretários têm que participar destas sessões para que se possam esclarecer todos os problemas que se passam no município. Em questão da Dengue a secretária fez um relatório epidemiológico onde irá ser passado um boletim a população mostrando a realidade da dengue no município, em 2008 e 2009 período que tiveram um maior numero de notificações, já no corrente ano o município teve 58 casos de dengue notificados, porem confirmados só foram 21 casos sendo que deste 21 casos 1 caso foi de Dengue Hemorrágica.

A Secretária denuncia médicos que ao paciente apresentar alguns sintomas de dengue, é consultado e mandado para casa e não se trata, então esta é um das falhas da saúde. No Bairro de Fátima, Remanso, Alto do Aracaju e Brasília são os bairros que tem encontrado o maior índice de infestação, então para combatermos os agentes de endemias estão focando o seu trabalho mais intensamente nestas áreas.

Então o caso da Dengue não é um fator alarmante e sim um problema esperado e esta sendo combatido, dados prova que o município se encontra no médio risco.

Em relação do Plano de Contingência já “foi elaborado e entregue ao Estado e enviado ao Ministério para que em 2012 venham recursos para que possam direcionar ações de maior combate a Dengue.” Já o questionamento dos Agentes existia apenas um que não estava cumprindo com sua obrigação porem o mesmo já foi devolvido para a FUNESA, pois o que a população precisa é um bom trabalho, aquele que não cumpre não fica nesta Gestão” destaca a Secretária.

Na ultima sessão a Vereadora Joseane Pel (PSC) solicitou a vinda carro fumacê a este município, onde que a Secretária afirma que já foi encaminhado o pedido e que o carro já está preparado e fará em quatro semanas o serviço a toda a população.

Na questão da falta dos médicos hoje o município tem 10 médicos e o horário da carga horária das 7:00 as 16:00 onde o antigo concurso os médicos prestam uma carga horária de 30 horas e os dois últimos concursos carga horária de 40 horas semanais, então com essa afirmativa a secretaria diz não reduziu a carga horária trata-se do regulamento do concurso.

Os médicos do PSF só trabalham um horário e não dois, então o parlamentar questiona o porquê, a secretária relata que existem outros procedimentos e não pode quebrar os princípios do SUS, onde este médicos ficam até as 14:00 porem a unidade esta se estendendo até as 16:00 pois assim dará uma maior tranquilidade a população.

A marcação de consulta a realidade é o problema do modelo de marcação, referente ao horário que se marca, então ela propôs um agendamento denominado “Agenda Aberta” onde a idéia é chegar à unidade e ser agendado na hora, para ser atendida na mesma semana, implantando um modelo mais dinamizado.

A questão do transporte a secretária tem tentado diminuir está problemática, para isso tem que ampliar o numero de especialidade em nosso município para incentivar as consultas em nosso município com isso diminuir o transporte de pacientes a Aracaju. E esclarece que hoje só temos duas Vans para fazer o transporte destes pacientes como também temos problemas de rota e isso acaba acontecendo problemas de perdas de consultas.

E no ultimo questionamento referente à falta de medicamento a Secretária relata que o município passou por uma problemática em virtude do fornecimento de medicamento onde a empresa licitada que entregava a medicação não cumpria o prazo onde tivemos que tomar as devidas providências não houvendo uma melhora a secretária teve que rescindir o contrato, relata a secretária.

O Vereador Genival (PTC) sempre preocupado com a saúde pública do município, questiona a secretária sobre a falta do Médico Psiquiatra, onde a mesma afirma que já convocou os médicos do concurso e só depende da aceitação do médico, porem um outro médico já aceitou o trabalho e brevemente possível já estará no gozo do seu trabalho.

O Vereador Marcos Oliveira (PV) deixa varias sugestões de especialistas para que melhore o atendimento a pacientes do município e circunvizinhas, tais como a possibilidade de se contratar Oftalmologista, Urologista, Endogástrico como também um centro de Hemodiálise, onde a secretária afirma que alguns já estão sendo providenciados.

Fonte/Autor: Ascom/Câmara/Roberto Jr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages