Barcelona vira de novo sobre o Real, dança ´Ai, se eu te pego´ e dá presente para Guardiola - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

19 de janeiro de 2012

Barcelona vira de novo sobre o Real, dança ´Ai, se eu te pego´ e dá presente para Guardiola


No aniversário de Josep Guardiola, o Barcelona deu um belo presente para seu treinador. No Santiago Bernabéu, Puyol e Abidal marcaram na virada por 2 a 1 sobre o Real Madrid no jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei. Cristiano Ronaldo fez o gol dos mandantes.

A comemoração da vitória teve um toque brasileiro. Após marcar o segundo gol do Barça, que garantiu a vitória, Abidal dançou a coreografia da música Ai, se eu te pego, sucesso do cantor sertanejo Michel Teló, com Daniel Alves.

Apesar da vitória, o Barcelona não começou bem o jogo. Aos 10 minutos, no primeiro lance de perigo da partida, Cristiano Ronaldo abriu o placar para o Real Madrid. O jogador recebeu lançamento de Benzema e, da ponta esquerda, encarou a marcação de Piqué, pedalou, puxou para a canhota e bateu forte para vencer o goleiro Pinto.

O Barça tentou a resposta três minutos depois. Da ponta esquerda, Iniesta cortou para o meio e bateu rasteiro, mas Casillas conseguiu a defesa. Aos 15, foi a trave quem salvou o Real. De cabeça, Alexis desviou lançamento de Fábregas, mas a bola bateu no travessão. O rebote ficou com Sergio Ramos, que conseguiu afastar o perigo.

Aos 25, Casillas fez mais uma boa defesa. Dessa vez, o chute foi de Messi, que arrancou pela esquerda e, do bico da área, chutou forte, mas parou no goleiro adversário. Depois que o Barcelona ameaçou uma pressão, o Real Madrid colocou seus 11 jogadores atrás da linha do meio de campo para dificultar o toque de bola do adversário. Deu certo, já que os mandantes conseguiram segurar o 1 a 0 até o intervalo.

Porém, logo no início do segundo tempo, o Barcelona empatou. Após cobrança de escanteio, Puyol mergulhou livre e, quase da pequena área, cabeceou no canto direito de Casillas, sem chances para o goleiro do Real Madrid. 1 a 1. Com o empate, os donos da casa abdicaram da postura puramente defensiva e o Barça começou a ter mais espaço para tocar a bola. Aos 9, foi a vez de Iniesta acertar a trave e quase virar o jogo.

O lance acordou o Real Madrid, que até então estava apático no segundo tempo. Aos 13, após boa jogada do lateral Altintop, Benzema completou o cruzamento com uma cabeçada forte que bateu na trave. Aos 23, um lance polêmico. Pepe, que já tinha cartão amarelo, pisou na mão de Messi, que estava no chão. O juiz não viu, mas os companheiros do argentino perceberam, o que esquentou a partida.

O Barça voltou a assustar aos 25, novamente de cabeça. Após cobrança de falta de Xavi, foi Busquets quem levou a melhor sobre a zaga, mas errou o alvo. O domínio dos visitantes no jogo aéreo deixou Mourinho nervoso. O português brigou bastante com sua defesa após o lance.
Melhor no segundo tempo, o Barcelona enfim virou aos 31. Após belo passe de Messi, Abidal recebeu a bola pela esquerda em condição legal e bateu cruzado para colocar sua equipe na frente pela primeira vez no jogo.

Depois do gol da virada, Mourinho fez alterações para colocar seu time à frente. Porém, o Real Madrid não conseguiu se recuperar do golpe e acabou derrotado. O jogo de volta será disputado na próxima quarta-feira (25), dessa vez em Barcelona.

REAL MADRID: Casillas, Altintop, Ricardo Carvalho, Sergio Ramos e Fábio Coentrão; Pepe (Granero), Lass Diarra (Ozil) e Xabi Alonso; Cristiano Ronaldo, Higuaín (Callejón) e Benzema. Técnico: José Mourinho. BARCELONA: Pinto, Daniel Alves, Piqué, Puyol e Abidal; Busquets, Iniesta, Xavi (Thiago Alcântara) e Fábregas (Cuenca); Messi e Alexis Sánchez (Adriano). Técnico: Josep Guardiola
Local: Santiago Bernabéu, Madri (ESP) - Arbitragem: Muñíz Fernández - Gols: Cristiano Ronaldo (10 min do 1ºT), Puyol (9 min do 2ºT) e Abidal (31 min do 2ºT).

Matéria extraída do Jornal do Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages