Artistas são preparados para elaboração de Microprojetos em Propriá - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

14 de março de 2012

Artistas são preparados para elaboração de Microprojetos em Propriá


A Prefeitura Municipal de Propriá, distante 98 km de Aracaju, através da Secretaria de Cultura e Meio Ambiente, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), realizou na manhã da última sexta-feira, 9, a Oficina de Edital para Microprojetos do Baixo São Francisco. O evento, que teve como objetivo incentivar os artistas e produtores culturais da região do Baixo a participarem do edital, foi promovido no auditório da Secretaria de Educação do município, antigo Semear.

Dezenas de moradores de Propriá e das cidades circunvizinhas, com idade entre 17 a 29 anos, compareceram ao evento para aprender como se prepara o edital, por meio das instruções dadas pelos representantes da Secult e do Sebrae, que também é parceiro do projeto do Ministério da Cultura e Fundação Nacional de Artes (Funart).

“Ficamos imensamente felizes em ver a diversidade de artistas que participaram do encontro, com suas várias expressões como escritores, pintores, artesãos, profissionais da dança, de fotografia, músicos, grupos folclóricos, escultores, entre outros. Ele não só receberam informações de como construir seus projetos, como também de que forma vamos acompanhá-los posteriormente”, ressalta o secretário de Cultura, José Alberto Amorim.

O secretário destaca que a Administração Municipal torce para que os propriaenses sejam contemplados e acrescenta que as inscrições continuam abertas. “Ao todo, serão 1050 projetos para toda a região que compõe a bacia do São Francisco, cerca de 27 cidades. Esperamos que nossos artistas, ou os que residem em municípios vizinhos sejam escolhidos. Lembrando que até 31 de março, os interessados podem se inscrever”, enfatiza.

Direcionamento

De acordo com o consultor do Sebrae responsável por ministrar as oficinas, Edmilson Suassuna, uma das principais finalidades do evento, que será realizado em outras cidades durante o mês de março, é tirar a concentração dos projetos da capital sergipana, levando-os para o interior. “Temos conhecimento do potencial dos artistas que moram nos municípios interioranos. Como o projeto é direcionado para cidades ribeirinhas, vamos conversar diretamente com esse público, como aconteceu em Propriá”, explica.

“Queremos mostrar para os participantes todas as facilidades do projeto, sendo uma delas eles não precisarem se descolar até a capital para receber as informações primordiais para a elaboração. E foi o que aconteceu neste encontro. Temos certeza que a partir de agora eles poderão elaborar um projeto de qualidade e serão fortes candidatos a participarem do edital”, conclui.

Fonte/Autor: Comunicacação/Propriá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages