Professores sergipanos lutam pelo pagamento do reajuste de 22,22% para o Magistério - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

21 de março de 2012

Professores sergipanos lutam pelo pagamento do reajuste de 22,22% para o Magistério


Na manhã desta quarta-feira, 21, dezenas de educadores ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa de Sergipe com cartazes cobrando a atualização do Piso Salarial Profissional em 22,22%, conforme estabelecido pela presidenta Dilma Roussef (PT). As educadoras e educadores vindos da plenária da categoria, realizada nesta manhã no auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, querem o apoio dos parlamentares para que o reajuste do Piso Salarial Profissional da Categoria seja pago para todos os níveis da Carreira do Magistério.

Professores aposentados que há cinco anos recebiam seu benefício no início do mês se sentiram prejudicados com a alteração do calendário de pagamento. Atualmente eles figuram como os últimos a serem pagos, e por isso organizaram um abaixo-assinado solicitando que essa situação seja revertida.

A deputada e professora Ana Lúcia Vieira (PT), que preside a Comissão de Educação Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa, anunciou que em breve vai dialogar com a Secretaria de Estado de Administração pela modificação do calendário de pagamento aos educadores aposentados para o início do mês. “Esse é um dos assuntos sobre o qual os professores deliberaram na manhã de hoje e como esta é uma Casa plural e democrática, com certeza estará dialogando com o nosso Governo para conseguir esta vitória, já que os trabalhadores da educação formam uma categoria estratégica para que possamos realmente ter uma nação republicana”, defendeu.

Atualização do piso

A presidente do Sintese, professora Ângela Melo, explicou que alguns municípios já pagaram o reajuste de 2012 do Piso em fevereiro. Entre eles estão Amparo do São Francisco, Telha, Indiaroba e Pirambu. Outros municípios anunciaram o pagamento do Piso para março, foi o caso de Poço Redondo, Poço Verde, Tobias Barreto, Rosário do Catete, Canindé do São Francisco, Cumbe, Lagarto, Nossa Senhora de Aparecida, Siriri, Divina Pastora, Barra dos Coqueiros, Carmópolis, São Francisco e Canhoba.

Neste sentido, os professores buscam o apoio de todas as administrações municipais e do Governo Estadual para que o reajuste de 22,22% do Piso seja pago em todo o Estado e para o Magistério em todos os níveis.

Fonte: Iracema Corso - Site da Deputada Estadual Ana Lúcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages