Propriá sedia Oficina de Planejamento Regional das Redes Temáticas - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

6 de março de 2012

Propriá sedia Oficina de Planejamento Regional das Redes Temáticas



A Prefeitura Municipal de Propriá, distante 98 Km de Aracaju, através da Secretaria de Saúde, está realizando a 1ª Oficina de Planejamento Regional das Redes Temáticas. Fruto de uma parceria entre Secretaria de Estado da Saúde e Ministério da Saúde, o evento que se iniciou ontem, 5 e segue até hoje, 6, às 18h, tem como finalidade elaborar um projeto regional para a compreensão do sistema de saúde do Baixo São Francisco, com ênfase nas redes cegonha, de urgência e emergência, de atenção básica e psicossocial.

Secretários Municipais de Propriá, representantes do Ministério da Saúde, do Governo do Estado, e dos municípios que compõem o Baixo São Francisco, participam do evento que começou com a apresentação do que são as redes. “A apresentação foi feita pelo representante do Ministério da Saúde e do Estado. A partir do que foi apresentado ontem, os municípios vão elaborar hoje os planos regionais de Saúde, a partir do que preconiza a lei 8.080”, explica a secretária de Saúde de Propriá, Mércia Simone Feitosa.

Segundo a secretária, durante o segundo dia de oficina é feito a compatibilização da Pactuação Programada Integrada (PPI). “Avaliamos a PPI que já existe e está em vigor. A partir das sugestões dadas por cada região, para a melhora dos sistemas de saúde, são observadas as novas demandas e a depender da necessidade de cada município, serão compatibilizadas à PPI”, esclarece Mércia.

“No caso de Propriá, por exemplo, temos uma maternidade. A rede cegonha, que é um projeto nacional, dá assistência às gestantes durante o pré-natal, parto e puerpério. Partindo desse pressuposto, analisamos a rede assistencial, de que forma as ações estão sendo executadas, e se ela funciona corretamente. Caso seja apontada alguma deficiência, elaboramos um plano de melhorias para essa rede. É assim que acontecerá com os demais temas”, complementa a secretária.

Andamento

De acordo com a representante da Secretaria de Estado de Saúde, Tina Luiza Cabral, a região do Baixo São Francisco foi a primeira a receber a Oficina. “Ao todo, serão sete oficinas, sendo uma em cada um dos municípios que integram a região. Cada município deve enviar para o evento, o secretário de Saúde e dois técnicos. As oficinas vão elaborar projetos regionais objetivando a implantação de redes assistenciais, com foco nas redes trabalhadas durante os dias de oficina”, frisa Tina.

“É importante destacar que, se durante as discussões, se surgirem demandas já existentes na PPI, tudo bem. Agora, caso sejam sugestões inovadoras para a melhora do sistema de saúde, serão enviados investimentos para a oferta de novos serviços. A Oficina de Planejamento Regional das Redes Temáticas serão estruturantes para os planos regionais, rumo à assinatura do Coap, que é o Contrato Organizativo de Ação Pública, responsável por definir as responsabilidades, metas e obrigações do Governo Federal, do Estado e dos municípios, dentro do SUS”, conclui Tina.

Fonte/Autor: Comunicação Propriá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages