Déda transfere comando do Governo para Jackson Barreto - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

9 de abril de 2012

Déda transfere comando do Governo para Jackson Barreto

O governador Marcelo Déda transferiu o comando do Governo do Estado para o vice-governador Jackson Barreto. (Foto: Marcos Rodrigues/ASN)


O governador Marcelo Déda transferiu o comando do Governo do Estado para o vice-governador Jackson Barreto, que responderá pela administração estadual até a próxima sexta-feira, dia 13. Num ato simples, realizado na manhã desta segunda-feira, 9, na sala vip da Infraero, no aeroporto da capital, o governador assinou o decreto que oficializa a transmissão de cargo.
O governador vai aos Estados Unidos, ao lado dos demais governadores nordestinos, participar de uma agenda elaborada pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird – Banco Mundial), em Washington.
A instituição está promovendo, a partir de amanhã, dia 10, um evento denominado: “Nordeste Brasileiro: oportunidades de Investimento e Investindo em Oportunidades”, que visa aproximar os governadores nordestinos de potenciais investidores norte-americanos e internacionais.
“A intenção do Banco Mundial é abrir as informações sobre a região para o empresariado dos Estados Unidos e de outros países que tem parcerias com o Banco Mundial. Os governadores irão mostrar as oportunidades que cada um dos estados oferece a investimentos privados”, explicou o governador Marcelo Déda.
Crédito
Ainda no Banco Mundial, o governador Marcelo Déda vai tratar das operações de crédito do Estado de Sergipe que estão em tramitação e envolvem recursos da ordem de mais de 200 milhões de dólares. “Estas operações envolvem o projeto ‘Águas de Sergipe que é voltado à bacia do rio Sergipe, prevendo ações articuladas na área do meio ambiente, do saneamento básico e fornecimento de água tratada em toda essa região. Essa é mais uma iniciativa para recuperar o rio Sergipe”, afirmou Déda.
Segundo ele, nesse sentido, o governo já vem realizando intervenções na área de esgotamento sanitário na região do município de São Cristóvão, na bacia do rio Poxim, e também na bacia do rio Vaza-Barris. “As obras de esgotamento sanitário envolvem Aracaju, Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro. Nosso foco é contratar novos investimentos que recuperem as águas do rio Sergipe, adotando infraestrutura de saneamento nas cidades que compõem sua bacia”, explicou o governador.
Prodetur
Marcelo Déda também destacou que outro foco da visita será uma agenda junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), onde será cumprida uma agenda cujo principal foco é a nova fase do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur).
“Nós estamos contratando um empréstimo para esse fim, e recebemos recentemente uma missão do banco para examinar e avaliar o projeto junto com a nossa equipe. A missão do banco saiu satisfeita e agora vamos fazer contatos no nível da direção da instituição para agilizarmos a tramitação e viabilizarmos a contratação desse empréstimo que, se liberado, viabilizará investimentos muito importantes na infraestrutura turística de Sergipe”, afirmou o governador.
Transmissão
Ao transmitir o comando do Governo do Estado para Jackson Barreto, o governador Marcelo Déda afirmou ter plena convicção de que o vice-governador irá, mais uma vez, desempenhar o papel com elegância, responsabilidade e compromisso. “Como sempre, tenho certeza de que Jackson Barreto exercerá seu papel com competência e lealdade, trabalhando para que não haja solução de continuidade, nem suspensão de nenhuma das atividades principais”, declarou Déda.
Já o vice-governador afirmou que cumprirá a sua missão de garantir o pleno funcionamento das atividades governamentais. “Iremos manter o governo funcionando plenamente, dentro da ordem constitucional vigente e dando andamento aos projetos e obras do governo, fiscalizando, cobrando e dialogando com os secretários e demais setores da administração estadual”, complementou Jackson.
Ainda segundo o vice-governador, sua missão é fazer com que a população sinta que cada vez que o governador deixa o estado, em busca de novos recursos, ele deixa um vice atuante. “Todos podem ter certeza que o governo estará nas mãos de que opera para que tudo prossiga em normalidade. Dentro do possível, vamos fiscalizar, interagir, convocar os secretários e buscar a resolutividade para corresponder à expectativa da população”, assegurou Jackson.
Agência Sergipe de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages