Rogério: PT já conta com o apoio de três partidos da base aliada - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 10 anos desde 08/03/11

Últimas

13 de abril de 2012

Rogério: PT já conta com o apoio de três partidos da base aliada

Pré-candidato do partido ele desafia o ex-governador João Alves a comparar número de obra.

 


Do Universo Político.com

Ressalvando ser legítima a disputa por espaço dentro do bloco, o deputado federal Rogério Carvalho (PT), pré-candidato a prefeito de Aracaju, revelou, na noite de ontem no Cabaré de 5ª, que a sua pré-candidatura a prefeito de Aracaju já conta com a apoio de três partidos da base aliada do governo Marcelo Déda. "Somos um partido forte, com o governador Marcelo Deda, com a presidenta Dilma. Mesmo assim, abrimos espaço para aliados, a Prefeitura de Aracaju está há seis anos com o PCdoB, e sinalizamos o apoio em 2014 a um candidato do outro partido. Isso não é abrir espaços? A candidatura do PT é para valer", disse o deputado.

O pré-candidato do PT explicou ainda que ser natural da disputa por espaço na política um partido não conseguir 100% de adesão ao seu projeto. Rogério deu a entender que isso é mais difícil ainda quando o partido apresenta um pré-candidato em ascensão na política. "É legítimo que pessoas não queiram este ou aquele nome por representar alguém que tenha futuro, perspectiva longeva e força na política. Mas ninguém pode dizer que fui desleal. Apoiei todos os companheiros que fizeram parte da base aliada. Tem espaço para todas as lideranças na construção deste projeto", garantiu.

Enxergando no ex-governador João Alves, que lidera as pesquisas, o maior adversário do grupo, Rogério assegurou que a derrota do governador Marcelo Déda para o DEM em Aracaju, nas últimas eleições não tem nada a ver com o pleito de 2012. "Quando a gente faz uma pesquisa e pega um nome que ainda não saiu oficialmente é difícil essa candidatura pegar. Outro fato, Dilma perdeu em Aracaju, mas hoje a situação mudou: ela está mais bem aprovada que Lula, temos o partido de maior preferência do eleitorado. Um partido que tem democracia interna, um partido que tem militância, é um fenômeno da política brasileira", afirmou, desafiando João comparar suas obras, durante os últimos anos com as do PT em apenas três anos. "Nós ganhamos com certeza."

Da redação com informações da assessoria do parlamentar 

Fonte: Universo Político.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages