CUT de Sergipe pronta para o 12º Congresso Estadual - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

24 de maio de 2012

CUT de Sergipe pronta para o 12º Congresso Estadual


Os trabalhadores apontarão, ainda, quais serão os delegados e a pauta que levarão para o 11º Congresso Nacional da Central.

Com abertura programada para esta sexta-feira, 25, e discussões e debates nos dias 26 e 27, a Central Única dos Trabalhadores de Sergipe (CUT/SE) promove o seu12º Congresso Estadual da CUT (CECUT), que será realizado no Auditório da Sociedade Semear, na Rua Vila Cristina, nº148, Centro de Aracaju/SE.

O congresso irá debater e construir as estratégias para o próximo período, discutir conjuntura e balanço da gestão do último triênio, além de definir os dirigentes que irão compor a nova direção (2012-2015) da Central.

Os trabalhadores apontarão, ainda, quais serão os delegados e a pauta que levarão para o 11º Congresso Nacional da Central, programado para 9 a 13 de julho, em São Paulo, com o tema "Liberdade e Autonomia Sindical: Democratizar as Relações de Trabalho para Garantir e Ampliar Direitos."

O 12º CECUT tem como finalidade analisar a situação real da classe trabalhadora, as condições de funcionamento e desenvolvimento da sociedade brasileira e mundial, bem como de definir o programa de trabalho da CUT para o próximo período.

O Congresso é a instância máxima de deliberação da Central, no qual participam os delegados das entidades sindicais filiadas em dia com as suas obrigações estatutárias, das oposições sindicais reconhecidas pela CUT, obedecendo os critérios previstos no estatuto da CUT como o da proporcionalidade e da cota mínima de 30% para um dos gêneros.

De acordo com o presidente da CUT/SE, Rubens Marques, uma das grandes conquistas da atual gestão da CUT em Sergipe foi a ampliação dos debates para além da capital, permitindo inclusive que a Central realizasse um processo de formação, com apoio da Escola Nordeste.

"A unidade permitiu que nós realizassemos Atos Públicos e manifestações unificadas, onde as bandeiras de luta de cada categoria estão conjuntas. A potencialização do processo formativo foi fundamental para a organização e a ação sindical visando o aprofundamento da consciência de classe, colaborando para a inserção da CUT no interior Estado e, consequentemente, a filiação de novas entidades. Isso possibilitou um diálogo com as entidades que estavam afastadas e a filiação de outras. A formação, com toda a certeza, foi um marco diferencial", avaliou.

Algumas ações desenvolvidas pela CUT Sergipe neste último triênio podem ser destacadas, como por exemplo: o Bloco carnavalesco Siri na Lata, que uniu protesto e irreverência na folia de momo; as Grandes Marchas em celebração ao Dia de Luta da Classe Trabalhadora (1º de Maio); Atos contra o aumento da tarifa de ônibus e na luta por um transporte público de qualidade; as manifestação de combate às Fundações públicas de caráter privado; a luta pela reabertura da Mesa de Negociação e por Transparência e Moralidade na Gestão Pública, o combate à Judicilização das Greves, dentre outras.

Fonte: Jornal da Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages