ECOS POLÍTICOS: DEM não será coadjuvante em Propriá... Será mesmo? - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

16 de maio de 2012

ECOS POLÍTICOS: DEM não será coadjuvante em Propriá... Será mesmo?

... e terá o ex-prefeito Zé João disputando a prefeitura da Princesinha do São Francisco, onde todos estão conversando com todos, estão ficando, mas não há namoro certo... ainda
Por Claudomir Tavares / Foto: Divulgação *
Quem pensa que os Democratas em Propriá serão meros coadjuvantes estão redondamente enganados. Tendo como mais expressiva liderança no município o ex-prefeito de Telha, José João Nascimento, e agora eleitor da Princesinha do São Francisco, os herdeiros do espólio eleitoral da ex-prefeita Maria das Graças Nascimento (Dona Menininha) e seu filho, o ex-deputado estadual e ex-prefeito Luciano Nascimento, os eleitores do DEM nem imaginam a possibilidade do partido não disputar a prefeitura pela segunda vez consecutiva.
Em Propriá, todos estão conversando com todos, sendo que uns expõe estes diálogos sem subterfúgios enquanto outros negam de pés-juntos, mas na cidade tudo que se conversa, acaba vazando, pois uma das partes toma a iniciativa. Neste sarapatel de coruja, Américo já conversou com caciques do DEM, Renatinho já trocou dedos de prosa com Paulo César Barros, que conversou com Eugênio Santana, que conversou com José Américo.
Próximo capítulo - Ainda faltam dialogar os caciques do DEM com Renato Brandão, mas parece que isto somente será possível em outra encarnação. Por enquanto, acontece nos próximos dias um encontro entre Américo com Renatinho e dependendo de acordo semelhante ao que ocorreu em 2008, tudo é possível. Aqui em Propriá, até surubi faz acordo com jacaré, considerando a fluidez dos grupos, que sempre convergem para onde os interesses pessoais (e não do povo da sofrida cidade do baixo São Francisco) indicarem.
Vice de ... “tamo” fora! - Mas voltando ao início de nossa “conversa”, é improvável que o prefeito tenha o apoio dos Democratas, que indicariam provavelmente Marquinhos Cury como pré-candidato a vice-prefeito. Dependendo de sinalização dos próximos dias, há uma possibilidade (acredite se quiser) em uma integração de Eugênio Santana a sua chapa, desde que Américo retribua o apoio, podendo ser ainda durante o segundo mandato, pois Américo sonha em ocupar uma cadeira na Câmara Federal.
Muita água ainda vai rolar por debaixo desta ponte - Conversar irreveláveis nos nutrem da informação de que é irreversível a candidatura de Zé João a prefeitura de Propriá, o que não se confirmou (ainda) por uma cultura reprovável de políticos e eleitores que basta um pré-candidato confirmar a intenção de disputar, seria descapilizado antes da hora. E aí seria gastar cartuchos e fichas antes da hora, podendo faltar combustível mais a frente quando a onça pedir para beber água.
Como diz o ex-prefeito Paulo Britto (PT), “muita água ainda vai rolar por debaixo desta ponte”. Paulinho nunca deixou claro qual seria “esta ponte”, mas nós imaginamos qual seja (com certeza não será a que une os estados irmãos de Sergipe e Alagoas.
 
Fonte: JM São francisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages