"Pesquisas apontam um processo de queda livre de João Alves Filho" - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

10 de maio de 2012

"Pesquisas apontam um processo de queda livre de João Alves Filho"


Uma visão sobre o resultado das pesquisas

Resolução do TSE determina que a partir de 1º de janeiro do ano das eleições, as pesquisas eleitorais, para conhecimento público, devem ser registradas na Justiça Eleitoral do respectivo município. Com esse objetivo, este ano de 2012, aqui em Aracaju, apenas duas pesquisas foram realizadas: uma pelo Dataform, e a outra pela Consult Pesquisas.

Até o momento apenas três pré-candidaturas a prefeito foram declaradas pelos partidos: a minha, a de Rogério Carvalho e a de Valadares Filho. Aliados de João Alves o apontam como pré-candidato, mas até o momento nem ele e nem o seu partido fez qualquer declaração confirmatória.

Mesmo assim, tornou-se público que os aliados do ex-governador alardeiam favoritismo em torno de sua “candidatura”, considerando-a imbatível. A propósito, desde o ano passado que eles relatam a existência de pesquisas atribuindo-lhe percentuais superiores a 60%, tanto que o jornalista Habacuque Villacorte, editor de política do Correio de Sergipe, jornal de propriedade da família do ex-governador, há sessenta dias, exatamente no dia 7 de março passado, postou em seu Twitter (@habacuquese) que ele estava com 67%.

Em 2 de abril passado, cumpridas as normas eleitorais estabelecidas, o jornal CINFORM publicou pesquisa do Dataform na qual João Alves aparece com 41,2%. Trinta dias depois, exatamente no último dia 3 de maio, obedecidas as mesmas normas eleitorais, a TV Atalaia divulgou pesquisa realizada pela Consult Pesquisas, na qual aponta o ex-governador João Alves com 37,44%.

São indispensáveis as análises feitas acerca de pesquisas, pois é comum elas guardarem aspectos que nem sempre são revelados ou expressos nos números apresentados. Daí a necessidade e, por conta disso, eu assumo a responsabilidade de mostrar a leitura que eu faço das duas últimas pesquisas e de tudo quanto foi alardeado pelos aliados de João Alves.

Vou direto ao foco que desejo mostrar e, sem meias palavras, afirmo que o aspecto mais importante apresentado pelas duas últimas pesquisas publicadas e por tudo quanto alardearam os aliados de João Alves, desde o ano passado, é que ele se encontra num processo de queda livre nas pesquisas, cuja tendência está demonstrada no fato de que no ano passado ele apresentava um índice de 67% e esse percentual caiu para a casa dos 50%, reduziu para 41,2%, e em 3 de maio passado estava com 37,44%. Ou seja, João Alves está em queda livre. Não importa que eu esteja em segundo lugar com 15% ou que Rogério Carvalho esteja em último com 9%, pois o mais importante é a constatação de que aquele que era apontado como o invencível não pode mais ser apresentado dessa forma.

Portanto, o jogo ainda não começou. Assim, não é correto apresentar vencedor. Aguardemos todos os lances da campanha eleitoral, pois somente depois do povo se manifestar nas urnas é que saberemos quem será o vitorioso.

Assessoria do Deputado Almeida Lima
Fonte: Blog do Almeida Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages