Crescem os cursos de mestrado e doutorado em Sergipe - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

24 de outubro de 2012

Crescem os cursos de mestrado e doutorado em Sergipe


O estado de Sergipe está cada vez mais com mão de obra qualificada. Prova disso são os números de alunos que as duas instituições de ensino superior oferecem nos cursos de pós-graduação stricto sensu, apresentados na análise realizada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec). A Universidade Federal de Sergipe (UFS) e a Universidade Tiradentes (Unit) contavam em 2011 com 1.323 alunos de mestrado, em 43 cursos, e 346 alunos de doutorado, distribuídos em 10 cursos.
De acordo com Thiago Oliveira, economista do Departamento Técnico da Sedetec, diante dos números disponibilizados pelas instituições, percebe-se o crescimento volumoso na quantidade de estudantes matriculados tanto nos cursos de mestrado quanto nos de doutorado. “O número de alunos formais no mestrado saltou de 470, em 2005, para 1.323, em 2011, um crescimento aproximado de 281% em apenas seis anos. Os matriculados em doutorado passaram de 34, em 2005, para 346, em 2011, que representa um salto de mais de 1000%”, detalha.
Com relação aos cursos oferecidos, Thiago diz existir uma evolução tanto no segundo ciclo de estudos, o mestrado, quanto no terceiro ciclo, o doutorado. “A oferta na área de mestrado saltou 455%, enquanto a oferta dos cursos de doutorado cresceu 900%, entre o período de 2005 a 2011”, complementa o economista.
Vale ressaltar que a Unit fornece atualmente quatro mestrados e um doutorado, sendo este uma continuação do mestrado em Engenharia de Processos. Já a UFS oferta dois mestrados profissionais, 37 mestrados acadêmicos e oito cursos de doutorado nas mais diversas áreas do saber. “Esta evolução dos cursos de mestrado e doutorado em Sergipe é muito importante para o desenvolvimento da ciência e tecnologia no estado e o Governo de Sergipe tem buscado contribuir para este relevante crescimento do número de alunos, pois o Estado, através da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação de Sergipe, que apoia mais de 300 bolsas de estudos nos mestrados e doutorados em projetos”, afirma o gestor da Sedetec, Saumíneo Nascimento.
Saumíneo informa que pretende realizar uma reunião com as instituições de ensino superior em Sergipe para apresentar as demandas que o setor empresarial tem apontado para absorção de mão de obra de elevada formação. “Registre-se outros apoios do Estado para o crescimento dos mestrados e doutorados em Sergipe, através das aplicações de recursos em projetos apoiados pelo Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico”, destaca.
“Ressalto que a missão da Fapitec é fomentar a pesquisa e inovação, divulgando e transferindo o conhecimento em Ciência e Tecnologia (C&T), de forma a contribuir para o desenvolvimento sustentável do Estado. Então, aproveitamos para parabenizar a UFS e a Unit pelo crescimento dos cursos de mestrado e doutorado em Sergipe”, acrescenta o secretário Saumíneo.
 
por Agência Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages