Quatro mortos em suposto confronto com a polícia - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

22 de outubro de 2012

Quatro mortos em suposto confronto com a polícia

Quatro mortos em suposto confronto com a polícia

Quatro pessoas morreram e outras três foram presas durante operação policial desencadeada de forma conjunta entre policiais civis dos Estados de Sergipe e Alagoas. O suposto confronto aconteceu na madrugada deste domingo em território sergipano, segundo informou a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE).
De acordo com nota divulgada pela SSP, a ação conjunta das polícias de Sergipe e Alagoas realizada na madrugada deste domingo, 21, desarticulou uma quadrilha de assaltantes de banco, que seria responsável por ações nos dois Estados. De acordo com a SSP de Sergipe, a quadrilha estava articulando um novo assalto e se preparava para explodir o cofre do Banco do Nordeste, em Gararu, cidade ribeirinha localizada a 156 quilômetros de Aracaju, já na divisa com o Estado de Alagoas.
Segundo a SSP, foram realizadas ações simultâneas nas cidades de Traipu (AL) e Porto da Folha (SE), que culminaram com a morte dos quatro suspeitos e a prisão de outros três. O nome dos suspeitos não foi revelado pela polícia. A SSP informa que os quatro mortos estavam escondidos em uma chácara no município de Porto da Folha e os policiais, quando se aproximaram, teriam sido recepcionados com tiros de fuzil e pistola. No confronto, que durou cerca de 25 minutos, segundo a SSP, os quatro suspeitos acabaram morrendo.
Nesta ação, conforme a SSP de Sergipe, foram apreendidos um fuzil 762, duas pistolas 380 milímetros, três revólveres calibre 38, que teriam sido roubados de empresas de segurança privada instaladas nos Estados de Sergipe e de Alagoas, além de rádios comunicadores.

Segundo a SSP, as investigações que identificaram a quadrilha começaram a partir de arrombamentos a caixas eletrônicos ocorridos nas cidades de Brejo Grande e de Boquim, no Estado de Sergipe, onde ocorreu explosão de caixa eletrônico. Segundo a polícia sergipana, a quadrilha agiria na noite do sábado, 20, quando pretendia explodir mais um caixa eletrônico em Gararu, o que não teria sido possível devido à ação da polícia.
Detalhes
Nesta ação, as equipes policiais montaram barreiras nos dois Estados, em Traipu, em Alagoas, e Gararu, em Sergipe. A ação teve início na noite do sábado, 20. De acordo com a SSP de Sergipe, os integrantes da quadrilha perceberam a articulação da polícia e optaram por desistir do arrombamento do caixa eletrônico e se recolheram em suas respectivas bases naqueles municípios.

Em Alagoas, segundo a SSP de Sergipe, ocorreu uma perseguição desencadeada por agentes alagoanos, e o grupo acabou se envolvendo em um acidente de trânsito. O carro que eles usavam capotou e parte do grupo acabou presa.
Já na cidade de Porto da Folha, segundo a SSP, a outra parte do grupo reagiu, entrou em confronto recepcionando os agentes com disparos de fuzil e pistola, e acabaram mortos.
A ação conjunta entre as polícias de Alagoas e Sergipe contou com equipes do Complexo de Operações Especiais (Cope), Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar e de todas as unidades especializadas de Sergipe. Em Alagoas, foram envolvidas unidades especializadas e também a Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), por meio da Serb (Seção Especial de Roubos a Banco).
Os detalhes da operação serão divulgadas nesta segunda-feira, 22, em entrevista coletiva a ser concedida por policiais civis dos Estados de Sergipe e Alagoas. A entrevista acontecerá na Academia da Polícia Civil, em Aracaju, mas o horário será divulgado posteriormente, segundo informou a SSP de Sergipe.

Com informações da Ascom da SSP de Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages