CERRADA: Câmara de Propriá não abre as portas e parlamentares deixam de votar importantes projetos - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

7 de dezembro de 2012

CERRADA: Câmara de Propriá não abre as portas e parlamentares deixam de votar importantes projetos

Parlamentares alegam que nenhum esclarecimento foi dado, nem conseguiram entrar em contato com o presidente Paulinho Campos 

Apesar do ano legislativo 2012 só se encerrar em 27 de dezembro, a Câmara de Vereadores de Propriá está em clima de fim de festa, consoante episódio ocorrido na noite de ontem, 06, ou melhor a não realização da sessão ordinária prevista para ser iniciada às 20 horas. 

O prédio se quer foi aberto, o funcionário escalado para abrir o prédio não compareceu, deixando quem se encontrava a porta no aguardo do que não aconteceu, os vereadores tentaram e não conseguiram falar ao celular com o presidente da casa, vereador Paulinho Campos (PT). 

Além dos parlamentares, a exemplo Fernandinho Britto (PT), Marcos Oliveira (PV), Aelson Publicidade e Jurandy Sandes (PDT), funcionários da casa também não conseguiram desempenhar suas funções, pois as portas daquela casa mantiveram-se cerradas. 

Previstos para serem votados naquela sessão, projetos importantes referentes às áreas da Educação e Trânsito deixaram de serem votados, no que trará prejuízos irreparáveis caso não sejam votados nas próximas sessões, e acreditamos que serão, acreditando na urbanidade do vereador Paulinho Campos, que tem dado provas disso. 

Por: Claudomir Tavares 
Fonte: Tribuna da Praia Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages