Acusados de assaltos em Alagoas e Sergipe são presos - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

13 de abril de 2013

Acusados de assaltos em Alagoas e Sergipe são presos

A Polícia Civil do município de Propriá, sob a coordenação do delegado, Fábio Santana, prendeu Josivaldo da Silva Oliveira, vulgo "Nininho" e Antônio Ricardo Nascimento Silva, conhecido  como "Ricardo". A dupla é responsável pela prática de vários roubos na região, dentre eles o assalto a uma Loja do Boticário.

"No crime da loja de perfumes eles agiram com uma atitude extremamente ousada. Entraram no estabelecimento comercial com armas em punho e roubaram R$ 3.400,00", destacou Santana. Eles agiram ainda roubando o gerente do Auto Posto JL Irmãos LTDA, levando R$ 43.000,00; assaltando a pousada São Francisco, localizada no Centro da cidade, onde na ocasião subtraíram R$ 2.000,00 e três celulares.

"O Josivaldo vinha sendo procurado desde o ano passado por liderar uma quadrilha que vinha agindo na região de Propriá, entretanto, na ocasião o mesmo conseguiu fugir para a cidade de São Paulo e retornou esse ano mais uma vez para liderar outra quadrilha", explicou o delegado. Ainda segundo Santana, "Nininho" foi identificado através de uma foto que foi tirada após a prática de um roubo a uma agência dos Correios na cidade de Malhada dos Bois no ano de 2010.

"Eles também tem participação em roubos a diversas casas lotéricas localizadas na região do Baixo São Francisco, além do roubo a uma motocicleta de um oficial de justiça da cidade de Muribeca, e homicídios nos estados de Alagoas e Sergipe", destacou Santana.

A polícia busca agora outros membros da quadrilha que já foram identificados. "Estamos trabalhando para efetuar a prisão dos mesmos. Conseguimos a informação de que `Nininho` usa documentos de identificação falsos e que em verdade se chama Genivaldo Santos de Oliveira", finalizou o delegado.

A investigação foi realizada em conjunto pela Delegacia Regional de Propriá, Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci) e Delegacia de Muribeca e a execução das prisões contou com o apoio dos efetivos das polícias Civil e Militar de Malhada dos Bois.

Fonte: NE Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages