GRAVE: Declarações de Marcos pode lhe custar mandato - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

17 de abril de 2013

GRAVE: Declarações de Marcos pode lhe custar mandato

Ministério Público não passará batido diante das comprometedoras afirmações de vereador de que só votará em projeto do prefeito se for contemplado com cargos em novas secretarias


O vereador poropriaense Marcos da Feira (PMN) fez na noite de ontem (16) uma declaração cujo teor pela clara demonstração de condenável promiscuidade política, se levado ao Ministério Público, como acredito que será, pode lhe custar irremediavelmente e inevitavelmente seu mandato parlamentar.

Provavelmente sem perceber da gravidade da sua intervenção, o parlamentar expressou-se assumindo sua condição de fiel seguidor (equivocado) dos versos da canção de São Francisco, que diz “é dando que se recebe”, ao declarar insatisfeito com a falta de espaço do PMN.

Marcos disse que o prefeito, assim como fazem a presidente da República e o governador do Estado, deve distribuir os cargos com os que o ajudaram a elegê-lo, esquecendo que o seu partido está contemplado com pelo menos sete cargos na administração municipal de Propriá.

Confissão "pré-datada"

E Marcos foi mais incisivo, sendo réu-confesso por antecipação, ao avisar ao prefeito de Propriá, José Américo Lima (PMN) que só aprovará os projetos que forem encaminhados criando secretarias se ficar claro a divisão dos cargos entre os partidos aliados, caso contrário votará contra.

PMN já está contemplado

Considerando os partidos que dão sustentação ao prefeito na Câmara de Vereadores, o PMN está contemplado com Wellington Chocante, Pita, Zico do Bar, Renato do Lulão, Patrício Lessa, entre outros, de livre nomeação do prefeito, que reconheceu a representação de dois parlamentares ao nomear os integrantes do partido.

Fatiamento do "bolo"

O PSC, que tem um parlamenar, foi contemplado com os ex-candidatos Ronisson, Dôra, Pel e Daniel Amaro, enquanto o PRB com Thiago Britto, não cabendo ao PDT dos vereadores Aelson Publicidade e Jurandy Sandes nenhum membro, conforme última consulta a lista de nomeações disponível no portal da Prefeitura e neste site.

Por Claudomir Tavares


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages