Acusados de matar sargento da Polícia Militar em Penedo-AL devem ir a júri popular - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

28 de julho de 2017

Acusados de matar sargento da Polícia Militar em Penedo-AL devem ir a júri popular







Os réus Jadson Batista Soares Santos e Leandro dos Santos, acusados de envolvimento na morte do policial militar Laércio Santos Lira, devem ser levados a júri popular. O crime ocorreu no dia 20 de agosto de 2016, no bairro Dom Constantino, município de Penedo, interior de Alagoas. A data do julgamento ainda será definida.

De acordo com os autos, Jadson Batista foi o autor intelectual do crime. Já o réu Leandro dos Santos é apontado como um dos executores. Segundo a denúncia do Ministério Público, a vítima foi atingida por diversos disparos de arma de fogo e não resistiu aos ferimentos. O crime supostamente ocorreu porque o PM teria delatado os réus, que atuavam como traficantes de drogas na região.

 defesa pediu a revogação da prisão preventiva dos acusados e que eles fossem impronunciados por falta de provas. Os pedidos, no entanto, foram negados pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva, titular da 4ª Vara de Penedo. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta sexta-feira (28).

De acordo com o magistrado, não há elementos que ensejem a impronúncia dos acusados. “Os depoimentos das testemunhas ouvidas na instrução criminal foram suficientes para gerar a convicção de estarem presentes indícios de que os réus ceifaram a vida da supracitada vítima”, afirmou.

Ainda segundo o juiz, os motivos que levaram à decretação da prisão preventiva ainda se fazem presentes. “O pronunciado Jadson Batista Soares dos Santos responde a processo de porte de arma de fogo nesta Comarca e o pronunciado Leandro dos Santos foi condenado por este juízo em abril de 2017, por tráfico de drogas, à pena de sete anos e seis meses de reclusão, em regime fechado”, explicou.



Por Aqui Acontece
28/072017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages