Vereador denuncia nomeações fantasmas de prefeita, que rebate o acusando de roubo na Prefeitura de Monte Alegre-SE - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

26 de julho de 2017

Vereador denuncia nomeações fantasmas de prefeita, que rebate o acusando de roubo na Prefeitura de Monte Alegre-SE







Uma entrevista concedida pela Prefeita de Monte Alegre Nena de Luciano (PRB), na manhã da última terça (25) à Xodó FM, tornou-se motivo de polêmica na região. A fala acusatória de que o Vereador Henrique de João Gogó (PSC) e o Ex-Prefeito Tonhão (PSC) teriam roubado durante o último mandato, culminou em uma nota de repúdio emitida pelo vereador, que é líder da oposição na Câmara Legislativa do município.

Além de declarar que ambos teriam praticado tal tipo de corrupção, a prefeita disparou outras críticas, a exemplo da suposta falta de gestão que gerou uma dívida de R$ 15 milhões deixada pelo ex-prefeito na Prefeitura de Monte Alegre. Segundo ela, a atual gestão não tem conseguido fazer mais pelo município devido à essa alta dívida herdada de Tonhão.

Em sua nota de repúdio, Henrique de João Gogó afirmou que as acusações de Nena não possuem provas e que sua fala “só prova o quão desequilibrada ela está”, conforme publicado na nota emitida pela assessoria do vereador. Ainda na nota, Henrique afirma que tais críticas se devem ao fato de que este cumpriu seu papel fiscalizador e denunciou supostas nomeações de “cargos-fantasmas”, as quais, segundo ele, extrapolam o limite do município.

Confira a nota na íntegra:

“Venho através desta repudiar veementemente as acusações irrisórias da prefeita do município de Monte Alegre, na emissora de rádio Xodó FM, durante o Jornal da Xodó 1ª Edição.

A prefeita usou os microfones da conceituada emissora para tecer comentários chulos a minha pessoa. Ela, ao lado do seu marido, teve a audácia de me acusar de roubo na administração anterior numa tentativa de macular a minha imagem, se utilizando de palavras inflamadas e um discurso de puro ódio
Foram acusações sem provas, sem nexo e que só prova o quão desequilibrada ela está. Para provar tal desequilíbrio, o repórter chegou a pedir um copo d’água na tentativa de acalmar os nervos dela.

Tendo em vista o papel fiscalizador do vereador, continuo a afirmar com o mais puro conhecimento e certeza que as denúncias foram feitas com base no portal da transparência. Incumbe a mim, parlamentar, esclarecer a população de Monte Alegre sobre a irresponsabilidade da gestão em realizar nomeações e mais nomeações sem ter nenhum planejamento.

Foram nomeações de servidores fantasmas e de cargos comissionados que extrapolam o limite financeiro do município. Se a prefeita não tem conhecimento de tal situação, prova que não tem compromisso com o município ou que está ali apenas como vaso decorativo, servindo de estribas de seu genitor, o qual guia o município a beira do abismo.

A prefeita precisa ouvir mais e falar menos. A gestão precisa agir mais do que ficar acusando pessoas de roubo sem ter nenhuma prova para tal ilicitude. A ideia de me atacar é para esconder ou jogar por debaixo do tapete a sujeira que está a sua administração.

Vou continuar meu trabalho porque do povo emanou meu mandato e para o povo eu vou demandar. Sigo na luta diária com a luz do senhor Jesus Cristo porque, ao lado dele, ninguém será capaz de me intimidar e me derrubar.

Vereador Henrique de João Gogó”


Por Mais Sertão
26/07/2017


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages