Lula chega a AL e ataca reformas de Temer - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

23 de agosto de 2017

Lula chega a AL e ataca reformas de Temer





Penedo – Lula, o homem político. Assim pode ser definida a atuação do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao pisar em solo alagoano, ontem à tarde, a partir da cidade de Penedo. Em caravana por cidades do Nordeste, o ex-metalúrgico segue com suas atividades para reconquistar o apoio da população ao seu projeto de retorno ao poder. Hoje, a comitiva passa por Arapiraca, onde ele deve receber o título de doutor honoris causa da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), e em seguida participar de ato público com militantes e a comunidade.

Embora o presidente estadual do PT, Ricardo Barbosa, e a equipe do ex-presidente assegurem que a viagem de Lula por 25 cidades da região vai servir para a formatação de um projeto de governo, sem conotação de disputa política para as eleições gerais do próximo ano, o próprio ex-presidente, durante passagem por Penedo e com direito a “comício” em cima de um trio elétrico, colocou-se à disposição do público presente, a quem chamava de “povo”, para voltar a concorrer à presidência da República. E, em seu discurso, além de enaltecer suas realizações enquanto presidente por dois mandatos, teceu vários ataques ao antes aliado e atual presidente Michel Temer.

“Eu quero saber o porquê de quando eu estava na presidência, esse País era a sexta economia do mundo e agora está voltando a ser a décima? Eu quero saber por que nós criamos 22 milhões de empregos com carteira assinada e agora vemos desempregados?”, questionou Lula, entre outros vários pontos que ele fez referência ao próprio governo, comparando-o ao momento atual.

Em todo o seu discurso, Lula escolheu como alvo o presidente Michel Temer, ex-aliado do petista durante seus dois mandatos e vice-presidente que chegou ao poder após o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Chamando-o de golpista, Lula afirmou que, caso Temer quisesse ser considerado presidente dos brasileiros, deveria disputar a eleição e conquistar o mandato nas urnas


Por Gazeta de Alagoas
23/08/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages