Polícia Civil prende quatro criminosos em menos de 24 horas em Porto da Folha-SE - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

25 de agosto de 2017

Polícia Civil prende quatro criminosos em menos de 24 horas em Porto da Folha-SE

Os presos são responsáveis por roubos, furtos e um homicídio cometido no início desse mês




Uma operação desencadeada nessa quinta-feira, 24, pelos policiais civis lotados na delegacia de Porto da Folha, resultou na prisão de quatro homens, dois envolvidos em roubos e furtos e os outros dois em um homicídio ocorrido no início do mês, no sertão sergipano.

 A primeira prisão executada pelos agentes foi a de Alberto Alves da Silva Feitosa, mais conhecido como "Keko"; e a de José Leandro Rodrigues da Silva, vulgo "Teté". A dupla é acusada de cometer mais de 20 roubos e furtos no município de Porto da Folha. Segundo o delegado Elder Sanches, a dupla foi identificada depois de 40 dias de investigações. "Durante o curso do inquérito, tivemos acesso a imagens de câmeras de segurança que possibilitaram a identificação da dupla, principalmente pelas tatuagens que eles possuem", ressaltou. 

Ainda sobre o caso, o delegado Elder Sanches declarou que foi a partir de imagens das mãos dos criminosos que a polícia conseguiu pedir a prisão da dupla. “Com base nas imagens cedidas à polícia depois de um roubo a um estabelecimento comercial aqui da região, conseguimos identificá-los como autores de mais um ato delituoso aqui de Porto da Folha, principalmente pela tatuagem que eles possuem na região dos braços e das mãos”, explicou Elder.

Ainda durante a prisão da dupla a polícia conseguiu apreender diversos tipos de mercadorias, fruto de roubos e furtos cometidos pela dupla, bem como cadeiras de alumínio e um butijão de gás, esses dois produtos resultado de um furto a uma residência que aconteceu no dia anterior à prisão.


Prisão de homicídas

Na segunda ação, os policiais conseguiram prender os autores de um homicídio que aconteceu no dia 05 de agosto, que vitimou Ronaldo Rodrigues da Silva a golpes de arma branca e disparos de arma de fogo, fato ocorrido no povoado Linda França, também em Porto da Folha. Josivaldo Braz Feitosa e Gildeanderson Campos Souza, apontados como autores do homicídio, não ofereceram resistência no momento da prisão e confessaram a autoria do crime.

De acordo com Elder Sanches, Josivaldo e Gildeanderson tentaram justificar o cometimento do crime declarando que o delito foi motivado por ameaças feitas pela vítima. “Eles confessaram aqui na delegacia que Ronaldo já havia os ameaçado em outra situação, além de que Ronaldo era considerado um dos criminosos mais perigosos da região. Quiseram justificar o crime cometendo outro”, explicou o delegado.

Os quatro homens detidos foram presos de maneira preventiva e foram encaminhados à Delegacia de Nossa Senhora da Glória, para que sejam tomadas as medidas cabíveis.


Por SSP/SE
25/08/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages