Fanfarra Simples Polivalente: 35 anos de História - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

8 de setembro de 2018

Fanfarra Simples Polivalente: 35 anos de História


Pensando em Desfile Cívico, lembramos da paixão pelas Bandas de Fanfarra do nosso município. Além da data significativa da Independência do Brasil, é a época do ano em que atuais alunos mostram o amor por sua escola com apresentações incríveis e momento em que ex-alunos matam um pouco da saudade do tempo em que estudavam.


E falando em Desfile Cívico, quem é de Propriá, logo pensará em Fanfarra Simples Polivalente ou carinhosamente “Carreta”, em 2018 completando 35 anos de história, a Banda de Fanfarra que representa o Centro de Excelência Joana de Freitas Barbosa é conhecida por suas inovações que vão dos toques à suas apresentações que conquistaram e continuam conquistando admiradores.


O início


A história da Banda de Fanfarra Simples Polivalente confunde-se com a história do Centro de Excelência Joana de Freitas Barbosa. Em seu início, no ano de 1980, o Centro era chamado de Escola de 1º e 2º Graus Joana de Freitas Barbosa.

Em seus dois primeiros anos de funcionamento não participou do desfile cívico de Propriá. No ano de 1983, após atender a um pedido do então Diretor da Unidade de Ensino, Prof. Rui Belém, os alunos foram em busca de instrumentos nas escolas estaduais pertencentes à 6ª Diretoria Regional de Educação e conseguiram angariar 160 instrumentos e foi com esse número de participantes que houve a primeira formação da então Banda do Polivalente.

Instrutores


O seu primeiro Instrutor foi o aluno do curso de Administração, Hamilton Nascimento. 

Na sequência dos trabalhos, ele foi sucedido pelo aluno do curso de Saúde, Elder Melo de Oliveira, que assumiu o comando no ano de 1984 até o ano de 1994. Assumiu seu lugar o 3º Sargento de Polícia Antônio Carlos somente no ano de 1995.

Em 1996, a banda foi comandada por três funcionários do corpo administrativo da escola: Juracy, Ionaldo e Gênisson (in memoriam).

No ano seguinte, ela foi comandada pelo instrutor Marcelo dos Santos e em 1998 o Instrutor Elder Melo de Oliveira retorna à banda, mas desta vez como Professor da Unidade de Ensino e dela não mais saiu.

 


Inovações e marcos Importantes






A Banda do Polivalente sempre se pautou a demonstrar em seus desfiles novidades e isso se deu por participar de diversos desfiles nas cidades circunvizinhas, sendo destaque em todos eles.

Em 2008 comemora em alto estilo os seus 25 anos de existência.

No ano de 2002 foi representante da DRE 06 no desfile cívico de Aracaju, onde ganhou o prêmio de Banda Revelação.

No ano seguinte repetiu o feito e a partir daí tornou-se a Banda Representante Oficial da DRE 06.

No ano de 2009 participou do 5º encontro de Bandas e Fanfarras do município de General Maynard e lá, por orientação do maestro da Banda Musical Sagrada Família, o Sr. Edson dos Santos (Edinho) resolveu assumir a classificação de Fanfarra Simples, que indica uma banda que possui instrumentos de sopro sem recursos (pisto e/ou gatilho), ou seja, cornetas lisas.

A partir daí, passou a ser conhecida como Banda de Fanfarra Simples Polivalente.

Em 2010 o Grupo de Amigos da Música (GIAM) organizou o 1º Encontro de Bandas e Fanfarras de Propriá, onde a Banda de Fanfarra Simples Polivalente recebeu o prêmio de 1º colocado.

Em 2011 apresenta no desfile cívico de Propriá a presença do Mór (comandante da banda).

Em 2013 torna a inovar apresentando o primeiro corpo coreográfico de competição da cidade de Propriá.

Nos anos de 2012 e 2014 em função do período da reforma do Colégio a Banda de Fanfarra Simples Polivalente não desfilou.

Retorna triunfante no ano de 2016 comemorando o 35º aniversário do Colégio Estadual Joana de Freitas Barbosa.

Nos dois ultimos anos que se seguiram manteve o nível e agora, em 2018 comemora o 35º Aniversário da Fanfarra.



Por: Alice Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages