Polícia Civil elucida homicídio praticado por grupo criminoso em Propriá - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

11 de dezembro de 2019

Polícia Civil elucida homicídio praticado por grupo criminoso em Propriá

Três suspeitos já foram presos, mas “Pina” continua foragido



Nesta quarta-feira, 11, a Polícia Civil elucidou o homicídio praticado por quatro suspeitos em Propriá, no dia 22 de outubro deste ano. O crime ocorreu quando o grupo criminoso invadiu a casa da vítima, identificada como Carlos Daniel Ramos Barreto, e disparou diversos tiros contra ela. 

De acordo com as informações policiais, na madrugada do crime, três homens identificados como José Ruan de Oliveira Santos, Michel Pereira Silva e Carlos Miguel da Conceição, conhecido como “Pina”, invadiram a residência de Carlos Daniel. “Os suspeitos estavam armados, renderam toda a família e alvejaram a vítima diversas vezes com tiros de espingarda e de revólver. Consta que os criminosos ainda retiraram Carlos de sua residência e o arrastaram até um terreno baldio, onde dispararam outras vezes.” explica o delegado responsável pela operação, Antônio Welington. 

Ainda segundo as informações, a motivação do crime foi passional e a suspeita Josinete dos Santos, conhecida como “Dodi”, ainda foi considerada a mentora intelectual do crime. “A execução foi tramada dentro do contexto familiar. A vítima (Carlos Daniel) era odiada pelos indiciados em razão de ter contribuído supostamente para que a esposa de “Pina” (Carlos Miguel) o traísse com outro homem. “Dodi” (Josinete) é irmã  de “Pina” e companheira do suspeito Michel”, esclarece o delegado. 

Segundo as investigações, após o crime, os envolvidos saíram de Propriá, com exceção de um deles, José Ruan de Oliveira Santos, que foi preso pela PC na cidade ribeirinha no dia 18 de novembro deste ano. A notícia da prisão foi mantida em sigilo para auxiliar nas investigações. Entretanto, nessa terça-feira, 10, após receber a informação de que os demais envolvidos estavam escondidos no município de Cumbe, as equipes policiais iniciaram as buscas. “Na operação conjunta com policiais da Delegacia Regional de Cumbe, os envolvidos conseguiram escapar do cerco policial. De qualquer modo, a diligência surtiu efeitos, pois no dia de hoje, dois foragidos apresentaram-se na delegacia de Propriá, sendo eles Michel Pereira Silva e Josinete dos Santos (Dodi)”, conta o delegado, Antônio. 

Neste momento, ainda encontra-se foragido Carlos Miguel da Conceição, “Pina”.  A Polícia Civil reforça a importância da colaboração da comunidade para a localização do suspeito através do Disque Denúncia (181), a ligação é gratuita e o sigilo é garantido. 


SSP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages