Diante do crescimento de infectados e ocupação de leitos de UTIs, Belivaldo prorroga medidas de enfrentamento ao novo coronavírus - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

25 de maio de 2020

Diante do crescimento de infectados e ocupação de leitos de UTIs, Belivaldo prorroga medidas de enfrentamento ao novo coronavírus

Seguem suspensas até o dia 01 de junho, as atividades econômicas , à exceção das atividades consideradas essenciais. Já as atividades educacionais seguem suspensas até o dia 30 de junho.

O governador Belivaldo Chagas prorrogará até 1º de junho, por meio do Decreto, que será publicado no Diário Oficial dessa terça-feira (26), as ações restritivas e de distanciamento sociais necessárias ao enfrentamento da epidemia causada pela Covid-19. Ainda no decreto, as atividades educacionais seguem suspensas até o dia 30 de junho de 2020.

Sergipe chegou a 5.314 infectados pela Covid-19 e 93 óbitos, segundo dados do boletim epidemiológico  da Secretaria de Estado da Saúde do ultimo domingo, 24. Mesmo diante dos esforços do governo do Estado para a ampliação de leitos de UTIs e de enfermaria, a taxa de ocupação de leitos de UTIs chegou a 71,8% na rede pública e 84,5%, na rede privada.  

As medidas seguem as orientações técnicas e científicas, observando o crescimento contínuo do número de casos confirmados com a Covid-19, e consequentemente, o impacto na taxa de ocupação de leitos por internamento. Com isso, o decreto 40.600 altera o caput do art. 2º do Decreto n.º 40.598, de 18 de maio de 2020, bem como o art. 4º do Decreto n.º 40.567, de 24 de março de 2020.

Desta maneira, até o dia 01 de junho de 2020, permanecem suspensas as atividades econômicas organizadas para a produção ou a circulação de bens ou de serviços, incluindo o comércio em geral, academias, shopping centers, galerias, boutiques, clubes, boates, casas de espetáculos, salão de beleza, clínicas de estética, à exceção das atividades consideradas essenciais.

O documento reforça a necessidade do isolamento social, como forma mais eficiente, até o momento, de conter a disseminação do vírus. Assim, as atividades educacionais em todas as escolas, universidades e faculdades, das redes de ensino pública e privada, permanecem suspensas até o dia 30 de junho de 2020.

O Decreto orienta que os técnicos do Governo continuem avaliando a situação para que no momento próprio possa discutir com a sociedade a retomada das atividades econômicas.

Informações: ASN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages