IBGE aponta crescimento de 17,7% nas vendas do comércio varejista de Sergipe em maio - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

8 de julho de 2020

IBGE aponta crescimento de 17,7% nas vendas do comércio varejista de Sergipe em maio

Apesar do aumento na comparação com abril desde ano, houve queda em relação ao ano passado.

Fiscalização no Centro de Aracaju — Foto: Kedma Ferr/TV Sergipe/Arquivo


O comércio varejista em Sergipe cresceu 17,7% no mês de maio, na comparação com abril, e acompanhou o índice nacional, de acordo com um levantamento divulgado pelo IBGE nesta quarta-feira (8). O resultado foi o maior da Região Nordeste.

Apesar do crescimento, a média móvel trimestral foi de -1,9% no trimestre encerrado em maio. A pesquisa também aponta que, em relação ao mesmo período do ano passado, houve queda de 14,4% no volume de vendas. No ano, a queda está acumulada em 10,8%. Já nos últimos 12 meses, a diminuição nas vendas é de 5,8%.

O número é relativo aos seguintes tipos de comércio: Tecidos, vestuário e calçados, Móveis e eletrodomésticos, Outros artigos de uso pessoal e doméstico, Livros, jornais, revistas e papelaria, Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (16,6%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (10,3%), Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (7,1%) e Combustíveis e lubrificantes (5,9%).

Comércio varejista ampliado

No comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, partes e peças e material de construção, o volume de vendas avançou 14,4% em relação a abril, o terceiro maior do Nordeste, atrás de Paraíba (23%) e Pernambuco (14,6%). Enquanto a média móvel trimestral ficou em -5,2%, em virtude dos resultados negativos de março e abril. Em relação a abril de 2019, o comércio varejista ampliado retraiu 19,3%, acumulando perdas desde novembro de 2019.

No acumulado de 2020, Sergipe registrou uma diminuição de 14% no volume de vendas, e no acumulado de 12 meses, houve redução de 6,9%.

Por: g1 Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages