Instituto de Identificação de Sergipe vai emitir nova carteira de identidade - Manchete do São Francisco

Manchete do São Francisco

JM News: 9 anos desde 08/03/11

Últimas

14 de agosto de 2020

Instituto de Identificação de Sergipe vai emitir nova carteira de identidade

Segundo o Instituto, o RG pode ser solicitado a partir do preenchimento de formulário, exclusivamente pelo site da Secretaria da Segurança Pública, e apresentação dos documentos necessário à confecção da cédula de identificação.


O Instituto de Identificação Dr. Carlos Menezes (IICM) apresentou, durante entrevista coletiva on-line, na manhã desta sexta-feira (14), a nova carteira de identidade, já no padrão nacional, que passa ser emitida em Sergipe.

Segundo o Instituto, o RG pode ser solicitado a partir do preenchimento de formulário, exclusivamente pelo site da Secretaria da Segurança Pública, e apresentação dos documentos necessário à confecção da cédula de identificação.

O novo documento traz melhorias na segurança e facilidades para a emissão, como economia do tempo e agilidade na entrega ao cidadão.

Além disso, ele apresenta mais itens de segurança para o estado e apresenta novas informações do cidadão, como inclusão da numeração de outros documentos, de indicativos para pessoas com deficiência e de outras observações, que deixam o documento mais completo em relação ao anterior. A troca não é obrigatória e o prazo de entrega é de cinco a 30 dias após a coleta biométrica.

O diretor do Instituto de Identificação, Jenilson Gomes, ressaltou que, dentre os benefícios do novo documento, está a comodidade de solicitar o RG da própria residência, sem a necessidade de enfrentar filas.

“Além da possibilidade do cidadão incorporar outros documentos, a nova carteira de identidade nos possibilitará adiantar o atendimento ao cidadão, pois ele fará a parte mais sensível de sua residência, de forma gratuita”, disse.

Aliado a isso, há a redução nas despesas para emissão do documento. “Ele não precisará mais arcar com a despesa para tirar foto e cópias de documentos, entre outros. Combinado a isso, temos mais segurança ao processo. Ferramentas tecnológicas estão sendo incorporadas ao novo sistema, que facilitarão, não só a emissão da carteira de identidade, mas também a identificação do cidadão”, explicou.

Outro benefício, apontado pelo diretor do IICM, é que não mais será preciso realizar diversos deslocamentos à sede ou postos do Instituto de Identificação. “Dessa forma, o cidadão não precisa mais se deslocar longas distâncias, como era comum vir do interior para tentar ser atendido em Aracaju. Ele já faz o atendimento todo de sua residência e será atendido no ponto mais próximo, seja para qualquer serviço, primeira ou segunda via, menor ou maior de idade. É um serviço que chega muito mais rápido ao cidadão e muito mais próximo dele”, salientou.

Com o lançamento da nova carteira de identidade, também há previsão de que o número de atendimentos feitos pelo IICM volte ao que era registrados antes da pandemia. “Combinado a isso, será possível retomar o volume do atendimento anterior à pandemia ou até superarmos. Nós tínhamos uma média diária de 3 mil atendimentos, sendo que desse volume, algo em torno de 30%, não era atendido porque os documentos não atendiam as necessidades. Agora, o cidadão vai saber de sua casa se passou ou não o cadastro”, finalizou.

G1 Sergipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages